Menu
SADER_FULL
domingo, 17 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Consumo de energia em modo de espera pode ser limitado

6 Ago 2004 - 08h03
A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio está analisando o Projeto de Lei 3893/04, do deputado Fernando Gabeira (sem partido-RJ), que limita em 1 watt o consumo de eletricidade por aparelhos eletro-eletrônicos operando em modo de espera. A proposta lista os equipamentos que serão submetidos à limitação e os aparelhos que poderão exceder o consumo mínimo.
Atualmente, a Lei 10295/01 incumbe o Executivo de estabelecer níveis máximos de consumo dos aparelhos.
Segundo o autor do projeto, está aumentando o número de aparelhos ligados em modo de espera, que consomem "considerável quantidade de energia elétrica, gasto que pode ser minimizado, uma vez que hoje é tecnológica e economicamente possível a fabricação de aparelhos que consomem 1 watt ou menos no modo de espera".

Tramitação
Da Comissão de Desenvolvimento Econômico, onde aguarda indicação de relator, o texto será encaminhado ao exame das comissões de Minas e Energia; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. A matéria tramita em caráter conclusivo o que permite que ela seja encaminhada ao Senado sem passa pelo plenário da Câmara.
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam