Menu
SADER_FULL
sexta, 25 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Congresso Nacional volta do recesso na segunda

31 Jul 2004 - 10h33
 

O Congresso Nacional volta às atividades normais a partir da próxima segunda-feira, dia 02 de agosto, após 19 dias de recesso parlamentar. Contudo, espera-se que a primeira semana seja reservada a debates, sendo que as votações só começarão na outra semana, quando se fará um esforço concentrado para votação de diversas matérias.

Um acordo entre as lideranças prevê que o segundo semestre - por causa das eleições nos estados - tenha menos dias de sessões deliberativas e dois períodos de esforços concentrados para aprovação de medidas importantes, um a partir de 10 de agosto e outro em setembro.

A votação do projeto sobre Parcerias Público-Privadas (PPP) e a conclusão da votação da reforma do Judiciário (PEC 29/2000), cujo texto base já foi aprovado pela Casa, estão entre os principais pontos a mobilizar os parlamentares no semestre.

 

Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
#AGORA: Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
FÁTIMA DO SUL - CARREATA DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros preparam carreata e conclamam o comércio para que fechem as portas em Fátima do Sul
COPA DO MUNDO
Dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo não serão feriado
FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Fugitiva, Manu é perseguida pelo avô cruel, ela busca refugio na casa de Luzia: “Você é
APOCALIPSE
Estela (Lisandra Souto) trai o marido, Felipe (Jandir Ferrari), ao contar que ele sabe onde está Zoe
CAMINHONEIROS MANTÉM BLOQUEIOS
Mesmo após acordo, caminhoneiros se mobilizam pelo 5º dia em vários estados