Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 17 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Confiança do setor de serviços cresce 4,1% em agosto

8 Set 2010 - 10h22Por Agência Brasil

A confiança das empresas do setor de serviços aumentou 4,1% em agosto deste ano em relação ao mês anterior, depois de quatro quedas consecutivas. O Índice de Confiança de Serviços, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e divulgado hoje (8), passou de 129,5 pontos em julho para 134,8 pontos em agosto.

O índice que avalia a situação atual subiu 7,3% de um mês para o outro, passando de 113,5 para 121,8 pontos. O item que mais contribuiu para a confiança na situação atual foi o nível da demanda, que passou de 103,2 para 112,5 pontos. Das 2.149 empresas pesquisadas, 23,3% consideram a demanda atual forte e apenas 10,8% a avaliaram como fraca.

O índice que analisa a confiança no futuro (Índice de Expectativas) também aumentou, de 145,5 para 147,8 pontos. A variação de 1,6%, no entanto, foi menor do a que o índice da situação atual. O índice está agora 0,5 ponto percentual acima da média do período pré-crise, mas 4,3 pontos abaixo da média do primeiro trimestre de 2010, quando a economia estava bastante aquecida. O indicador que mede a satisfação para os próximos seis meses avançou 1,7%, atingindo 148,1 pontos em agosto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat