Menu
SADER_FULL
sábado, 22 de setembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Conferência discutirá políticas para Educação e Cultura

27 Dez 2004 - 17h17
A Comissão de Educação e Cultura realiza, entre os dias 22 e 25 de fevereiro de 2005, a IV Conferência Nacional de Educação e Cultura. A coordenação do evento quer garantir o mesmo nível de debate para as duas áreas - Educação e Cultura. A Conferência prevê sessões comuns de abertura e encerramento, ao lado de conferências e painéis diferenciados, debatendo simultaneamente os dois campos de interesse da Comissão. A solenidade de abertura acontecerá no dia 22, às 18h, no Teatro Nacional, em Brasília.
O objetivo central da Conferência é discutir as políticas públicas para Educação e Cultura. Na área da Educação, o primeiro dia será dedicado à discussão de concepções sobre educação de qualidade; o segundo, à discussão do Plano Nacional de Educação; e o terceiro, à contextualização do Plano no conjunto das políticas públicas educacionais.
De acordo com a legislação em vigor, 2005 é o ano previsto para que o Congresso Nacional faça a primeira avaliação do Plano Nacional de Educação.

Cultura
Em relação à Cultura, estarão na pauta a discussão sobre o Plano e o Sistema Nacional de Cultura - ambos em fase de elaboração pelo Poder Executivo. Diariamente, haverá, pela manhã, duas grandes conferências - uma em cada área; e à tarde, da mesma forma, dois painéis consecutivos sobre educação e dois sobre cultura. Paralelamente à IV Conferência, está prevista, ainda, uma programação que inclui a exibição de filmes, exposições de arte e de pôsteres, além de espetáculos de dança e música.

Mudanças na Legislação
A I Conferência foi realizada em 2000 e o tema foi "Desafios para o Século XXI". Em 2001, a II Conferência discutiu "Uma Escola para a Inclusão Social". Em 2002, a III Conferência teve o tema "Educação, Cultura e Desporto não devem ser privilégios".
Na avaliação do autor do requerimento para a realização da Conferência, deputado Carlos Abicalil (PT-MT), os debates e sugestões apresentadas por especialistas que participaram das conferências anteriores possibilitaram importantes avanços. Ele citou como exemplo a elaboração do Estatuto do Desporto e a proposta que cria o Plano Nacional de Cultura.
Para o deputado, a realização de uma nova conferência representará importante fonte de subsídios para proposições, ações de fiscalização e mudanças no ordenamento jurídico brasileiro.
 
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMBOSCADA
Homem é assassinado na frente do filho de seis anos
FAMOSIDADES
Xuxa rompe silêncio sobre Marlene Mattos e traições de Pelé: ‘Me fez coisas muito feias’
ASSALTANTE
Preso confessou que matou a ex em cela da cadeia
DISPUTA ACIRRADA
Nova pesquisa mostra empate técnico entre Haddad e Bolsonaro
SELEÇÃO BRASILEIRA
Gabriel Jesus retorna para a Seleção
LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e pode pagar prêmio de R$ 22 milhões
HORÁRIO DE VERÃO 2018
Horário de Verão pode ser extinto em todo território nacional
EDUCAÇÃO
‘Desejo continuar com a minha profissão, mas temo pela minha vida’, diz professor agredido em aula
SOB INVESTIGAÇÃO
Jovem é encontrada morta dentro do quarto e esposo está desaparecido
MORTE NO DETRAN
Jovem sofre parada cardíaca durante prova para tirar CNH