Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Confederação vai capacitar prefeitos eleitos em outubro

10 Ago 2004 - 09h22
O fortalecimento e o desenvolvimento dos municípios passa pela qualificação de seus gestores. É pensando nisso que a Confederação Nacional de Municípios (CNM) vai promover entre outubro e dezembro o Seminário Novos Gestores Municipais – Capacitando para o Desenvolvimento Municipal. “Compartilhar o conhecimento, por meio de intercâmbio de informações e experiências, é essencial para preparar o prefeito para enfrentar todos os desafios que o esperam”, destaca o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski.

O evento tem apoio do Governo Federal, das Federações e Associações Regionais e Microrregionais de Municípios e do Sebrae. No total, serão realizados dez encontros regionais, abrangendo todos os municípios do País, sendo dois na região Sul, dois na região Sudeste, três no Nordeste, um no Norte e dois no Centro-Oeste. Cada encontro terá a duração de quatro dias e será composto por 16 temas de trabalho: Agricultura, Assistência Social, Cultura, Contratação de Terceiros pelo Município, Educação, Fontes de Financiamento, Tecnologia e Controle de Gestão, Aspectos Jurídicos da Administração Municipal, Meio Ambiente, Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Receita Municipal, Trânsito, Turismo e Finanças: Orçamento, Planejamento, Execução e Comprovação.

“O principal objetivo do evento é compartilhar experiências exitosas, mostrando como combater a evasão escolar, como funciona a previdência pública, por que a mortalidade infantil aumenta ou diminui, qual a experiência que foi utilizada para acabar com o analfabetismo, enfim, como dar eficiência à gestão. O prefeito tem que saber quais práticas são plausíveis para fazerem parte do seu projeto de governo”, afirma Ziulkoski.

De acordo com pesquisa realizada pela CNM em julho, o índice de renovação nas prefeituras nas eleições deste ano pode chegar a mais de 70%. Tomando como base as eleições de 2000, quando a média nacional de prefeitos que disputaram a reeleição e venceram foi de 60%, teríamos a continuidade dos atuais prefeitos em apenas 1.657 municípios, ou seja, 29,82% do total de municípios do Brasil.

“Queremos mostrar técnicas e exemplos das melhores práticas de governança municipal, com o objetivo de capacitar os novos governantes frente aos desafios da administração pública. É importante os novos gestores estarem atentos às novas exigências impostas pelo controle externo, como por exemplo, em relação à Lei de Responsabilidade Fiscal”, afirma Ziulkoski. O líder municipalista também afirma que os novos prefeitos precisam estar preparados em relação ao desequilíbrio de competências existente entre os entes federados, cabendo ao município sempre a maior carga de trabalho e a menor participação no bolo tributário nacional.
 
MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'