Menu
SADER_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Conab estima produção recorde de cana-de-açúcar

1 Jun 2007 - 05h30

O Brasil deve colher 528 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2007/2008, com aumento de 11,20% sobre a safra 2006/2007, que terminou em março último, e contabilizou 474,8 milhões de toneladas. A estimativa foi divulgada hoje (31) pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, para quem o crescimento é fruto da incorporação de novas áreas de plantio e da utilização de novas variedades de cana, que alcançam maior produtividade.

Os números são do primeiro levantamento da safra e contabiliza a intenção de plantio no caso da incorporação de novas áreas de pastagens. A pesquisa foi feita pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), no início do mês, junto a 338 usinas/destilarias e 60 entidades de classe, como cooperativas e instituições públicas e privadas.

De acordo com o ministro Stephanes, a área plantada cresceu 7,4% em relação à safra anterior, com ganhos de produtividade em torno de 3,5%. Segundo ele, quase 89% da produção esperada serão destinados à produção de 20 bilhões de litros de álcool e de 31,3 milhões de toneladas de açúcar, enquanto o restante será usado no fabrico de cachaça, rapadura, açúcar mascavo, sementes e ração. São estimados aumentos de 14,54% na produção de álcool e de 3,6% na de açúcar em relação à safra anterior.

O ministro da Agricultura disse que o setor sucroalcooleiro está em franca ascensão por causa da forte demanda no mercado interno e externo, decorrente da maior oferta de carros movidos a álcool, principalmente.

A maior parte da produção estimada (461,6 milhões de toneladas, ou 87,4% do total) está concentrada nos estados do Centro-Sul, com destaque para São Paulo, com 309 milhões de toneladas. Os restantes 12,6% da produção serão colhidos no Nordeste.

A pesquisa da Conab detectou também que os estados que mais incorporaram áreas ao cultivo de cana-de-açúcar foram: Paraná (32,30%), Goiás (22,50%), Minas Gerais (22,10%), Ceará (20%) e Mato Grosso do Sul (18%).

 

 

 

MS Notícias

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos