Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 21 de fevereiro de 2020
SADER_FULL
Busca
Brasil

Compras pela internet somam R$ 4,4 bi no trimestre

19 Abr 2007 - 05h00
As compras pela internet de CDS, DVDs, livros e outros bens de consumo, somadas à aquisição de automóveis e serviços ligados ao turismo somaram R$ 4,4 bilhões no primeiro trimestre de 2007. O resultado significa um crescimento de 57% em relação ao mesmo período do ano passado (de R$ 2,8 bilhões).

Os dados fazem parte do Índice de Varejo On Line, estudo divulgado hoje pela E-Consulting e pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net).

O segmento automóveis foi responsável pela maior fatia deste total, com R$ 1,95 bilhão, o que representa um crescimento de 59% sobre o primeiro trimestre de 2006. Já os bens de consumo (CDs, livros, DVDs, eletroeletrônicos) registraram movimento de R$ 1,65 bilhão (aumento de 90,5% na mesma comparação), enquanto o setor de turismo (passagens aéreas, pacotes e serviços especializados) movimentou R$ 800 milhões (expansão de 12%).

"A venda de veículos pela internet alavancou o crescimento do varejo on-line neste início de ano, acompanhando o forte aquecimento das vendas do setor também fora da internet. Ao todo, foram vendidos 17% mais veículos neste ano do que no mesmo período de 2006", explica Daniel Domeneghetti, diretor de Estratégia e Conhecimento da E-Consulting e vice-presidente de Métricas e Conhecimento da camara-e.net.

Segundo Domeneghetti, a consolidação das vendas de bens de consumo pela rede e a estabilidade da economia brasileira também são pontos positivos que explicam o atual estágio do comércio eletrônico.

A entidade estima em 5,7 milhões o número dos chamados e-consumidores, número cerca de 20% maior do que o encontrado em março de 2006. O tíquete médio das compras virtuais não se alterou e está em torno de R$ 380.

"O comércio eletrônico tem apresentado um crescimento muito acima da maioria das atividades econômicas e modalidades de varejo. Acreditamos que a própria dinâmica do segmento somada à ampliação do uso da certificação digital por empresas de todo o país ao longo de 2007 terá um papel decisivo para acelerar ainda mais a adoção dos negócios eletrônicos por empresas de todos os portes", disse Manuel Matos, presidente da camara-e.net.
 
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL 2020
Por WhatsApp, Witzel convida Bolsonaro para assistir a desfiles do carnaval no seu camarote
DICAS DE SEGURANÇA
Saia de viagem neste feriado e deixe sua casa segura com as dicas da Polícia Civil
GUGU LIBERATO
Defesa diz que Gugu Liberato deu 500 mil dólares a Rose Miriam e mansão de R$ 6 mi
LUTO NO CINEMA
Morre aos 83 anos José Mojica Marins, o lendário Zé do Caixão
FAMOSIDADES
Pós-parto: Andressa Miranda faz revelações sobre sexo com Thammy Miranda
CONCURSO DO EXERCITO
Concurso Exército: Saiu o edital com 1.100 vagas para nível médio
BOLSONARO
Bolsonaro diz que imprensa poderia ser um partido: ''Ia ficar à esquerda''
FAMOSOS
Filho de Leonardo, João Guilherme recebe crítica e ironiza
TRAFICO DE DROGAS
Mulher é flagrada com 240 gramas de fumo na vagina para entrar na cadeia
FAMOSIDADES
Roberto Carlos reprova roteiro de Glória Perez, atraza produção e procura ator para filme