Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 15 de setembro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Comitê estadual de investigação de óbitos é instituido no MS

24 Ago 2010 - 14h07

A Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES), por intermédio da resolução de número 93/2010, institui o Comitê Estadual de Investigação de Óbitos por Doenças de Notificação Compulsória. A resolução foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (24).

De acordo com a resolução, o comitê foi instituído considerando as mudanças que têm sido observadas no padrão de morbimortalidade por doenças infectocontagiosas. E ainda, considerando que novas doenças foram introduzidas e que as doenças “antigas”, como a cólera e a dengue, ressurgiram e endemias importantes, como a tuberculose e as meningites, continuam persistindo, fazendo com que esse grupo de doenças represente um importante problema de saúde pública, dentre outras considerações apontadas pelo órgão.

O comitê tem como objetivo investigar, acompanhar e monitorar os óbitos por essas causas, resguardando os aspectos éticos e o sigilo das informações adquiridas, bem como identificar e avaliar os principais fatores determinantes que levaram ao óbito. Será composto por: cinco representantes da área de Vigilância Epidemiológica Estadual; um representante da área do Departamento de Informação em Saúde (DIS); quatro representantes da área de Vigilância Epidemiológica Municipal; três representantes da área de Vigilância Epidemiologia Hospitalar; dois representantes da área da Atenção Básica Estadual; um representante da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e um representante do Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul (Lacen/MS).

Atribuições

As principais atribuições do Comitê Estadual de Investigação de Óbitos por Doenças de Notificação Compulsória são: Monitorar e avaliar a efetividade das medidas de intervenção indicadas para a redução da morbidade e mortalidade de doenças e agravos de notificação compulsória; Avaliar a circunstância de ocorrência dos óbitos por Doenças de Notificação Compulsória e propor medidas para melhoria da qualidade da assistência e demais ações para sua redução; Fomentar integração e parcerias intersetoriais, visando o cumprimento das rotinas técnicas, que proporcionarão a elucidação das causas dos óbitos; Buscar parcerias e informações junto aos órgãos competentes e/ou envolvidos com a investigação do óbito, tais como Serviço de Verificação de Óbito (SVO), hospitais, clínicas, laboratórios, entre outros.

Segundo a resolução, as funções dos membros do Comitê não serão remuneradas sendo consideradas como serviço público relevante.

Mais informações sobre o comitê no Diário Oficial do Estado de número 7.775, de 24 de agosto de 2010 (página 9). Confira no site: www.imprensaoficial.ms.gov.br.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber
ACIDENTE FATAL
Câmera de segurança registrou acidente fatal de enfermeira. VEJA O VÍDEO
MONSTRUOSIDADE
Homem que matou mãe e filha em Cascavel escreveu carta. Bebê tomou mamadeira “batizada”
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mulher e marido são presos suspeitos de estuprar menina de 11 anos que dormia na casa deles
SUPERSTIÇÃO
Primeira sexta-feira 13 do ano com noite de lua cheia pode ser perigosa, alerta taróloga
ESPORTE
Poderá o poker se tornar olímpico?