Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 19 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Comissão da Câmara aprova CPI proposta por Geraldo Resende

24 Nov 2004 - 16h50
A Comissão de Seguridade Social e Família  (CSSF)  da Câmara Federal aprovou hoje (24) parecer favorável à criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), destinada a investigar o cumprimento da Emenda Constitucional n.º 29 por parte dos Estados e do Distrito Federal.

            A proposição é do deputado Geraldo Resende (PPS-MS), que apresentou o Projeto de Resolução 105/03, com o objetivo de garantir a correta aplicação dos recursos destinados à saúde pelos Estados e Distrito Federal. O projeto agora deverá receber os pareceres das Comissões de Finanças e Tributação, de Constituição e Justiça e de Redação.

            Geraldo Resende justifica a necessidade da CPI, citando levantamento do Ministério da Saúde, o qual demonstra que a maior parte das 27 Unidades da Federação descumpre a Constituição, deixando de gastar o que deveria em ações e serviços públicos de saúde. A CPI terá o objetivo de apontar os Estados e Municípios nessa situação e propor medidas para coibir essa desobediência.

            “Gastos com inativos, empresas de saneamento, habitação urbana, recursos hídricos, merenda escolar, alimentação de presos, hospitais de “clientela fechada” (como hospitais de servidores estaduais) foram incluídos indevidamente como despesas em ações e serviços de saúde. Parâmetros claros e acordados com os Estados e seus Tribunais de Contas já foram feitos no sentido de vetar esses expedientes, mas não estão sendo cumpridos”, afirma o parlamentar.

            Para Geraldo Resende, esta atitude contribui para que na comparação internacional de dólares/habitante/ano destinados à saúde, o Brasil “continue distante de efetivar para sua população, serviços suficientes e de qualidade, próprios de um sistema de saúde razoável”.

            O parlamentar comenta que as dificuldades dos Estados em cumprir a Emenda Constitucional n.º 29 têm origem antiga. Segundo ele, “sempre que o governo federal aloca maior volume de recursos para o setor, observa-se uma retração dos mesmos nos governos estaduais. Ademais, boa parte dos estados não cumpre a Lei n.º 8.689, de 1993, que obriga a prestação de contas trimestral nas Assembléias Legislativas”.

            Resende finaliza dizendo que “é chegado o momento de investigar esta situação e propor estratégias para correção de eventuais distorções, motivo pelo qual propomos a CPI da Emenda Constitucional 29”.

 

 

Fátima News / Ricardo Minella

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALCOOLISMO
Menino de 9 anos é expulso de casa pela mãe alcoólatra por se recusar a roubar, no DF
LATROCINIO
Tentativa de assalto termina com pai morto e filho baleado
MENOR INFRATOR
Cobradora é apedrejada em assalto e adolescente é detido pela 4ª vez
FAMOSIDADES
Justiça condena Deborah Secco por desvio de dinheiro público
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo vai morar com mendigos e vira vizinho de Agenor
CLUELDADE
Por mãe estar sem o celular, ladrão dá facada em bebê de 3 meses
ECONOMIA
Mercado financeiro já trabalha para traçar cenários sem Bolsonaro
PROCURA-SE
Adolescente desaparece e família recebe ligação misteriosa
TRAGÉDIA
Jovens irmãos morrem em grave acidente; caminhonete chegou a se partir ao meio
FAMOSIDADES
Justiça decreta prisão de Dado Dolabella por insulto à ex mulher