Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 13 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Comércio gera mais de 50% dos novos empregos em MS

20 Out 2010 - 11h47Por

O setor de serviços foi responsável pela geração de 40,37% das novas vagas de emprego em Mato Grosso do Sul no mês de setembro segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado nesta terça-feira pelo Ministério do Trabalho. As 583 novas vagas geradas na área de serviços somadas às 145 do comércio significam mais da metade dos novos empregos criados no mês passado. Na Capital, os setores foram os responsáveis pelo saldo positivo, gerando juntos 649 vagas.

O presidente da Fecomércio-MS (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul), Edison de Araújo, ressalta que o bom desempenho corrobora com o movimento dos meses anteriores e confirma o efeito cíclico do aquecimento econômico do Estado, com geração de novos empregos e por conseqüência aumento do consumo. “Estes dados vêm a reforçar nossa expectativa de um fim de ano de excelentes resultados”, afirma.

O assessor econômico da entidade, Thales de Souza Campos, explica que o setor de serviços é o que primeiro sente os efeitos do fortalecimento econômico. “O aquecimento econômico em um primeiro momento afeta o setor de serviços, porque o aumento da demanda por serviços é imediato”.

A partir do aumento de empregos no setor de serviços e por conseqüência do consumo, a tendência é que isto se reflita também nas contratações do comércio, que já inicia neste mês as contratações temporárias por conta do Natal, com perspectiva de efetivar pelo menos 30% desta mão-de-obra.

Em setembro de 2010 foram gerados 1.444 empregos celetistas em Mato Grosso do Sul, equivalentes a um acréscimo de 0,35% em relação ao estoque de assalariados com carteira assinada do mês anterior.

O número de novas vagas geradas no setor de serviços foi 42% acima do mesmo período de 2009, com destaque para os segmentos de comércio e administração de imóveis (205 vagas); ensino (165 vagas); serviços médicos e odontológicos (94 vagas) e instituições financeiras (71 vagas).

Em Campo Grande os setores de comércio e serviços sustentaram a geração de empregos no mês de setembro, uma vez que em quatro outros setores as demissões superaram as admissões. No comércio foram criadas 231 novas vagas e no setor de serviços 418.

Das 25.300 novas vagas de empregos com carteira assinada criadas de janeiro a setembro deste ano no Estado, 44,35% estão no comércio e serviços, o que corresponde a 11.220 novos postos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz passa mal ao abraçar e beijar a mãe pela primeira vez
FURACÃO
Atlético-PR ganha nos penaltis e é campeão da Sul-Americana
PROVAS ROBUSTAS
PF apreende R$ 2 milhões em busca em endereços de Aécio e aliados de Temer
INCREDIBILIDADE
Um Governo ficha-suja: mais da metade dos ministros estão enrolados
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo