Menu
SADER_FULL
sábado, 16 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Começa operação “caça fantasma” na prefeitura

24 Set 2010 - 10h56Por Dourados Agora

Num universo de aproximadamente sete mil funcionários públicos espalhados por vários órgãos da cidade e dos distritos, a prefeitura de Dourados conta a ajuda da população para denunciar as pessoas que recebem e não trabalham, os popularmente conhecidos “fantasmas”.

Durante as investigações da Operação Uragano, chegou a ser divulgado que existia 300 servidores nessa condição. A prefeitura desligou 130 funcionários, sendo que entre esses, vários recebiam e não trabalhavam. O secretário municipal de Administração, Francisco Eduardo Custódio, reconhece que entre os que foram exonerados, muitos trabalhavam, no entanto, era necessário fazer contenção na folha. Ele acredita que nesta próxima folha que será paga em outubro, os gastos diminuiram. “Ainda estamos fechando a folha, por isso ainda não sabemos de quanto será essa economia”, afirmou.

O secretário explicou que as pessoas podem fazer a denúncia sem precisar se identificar, mas é necessário que informe o nome completo da pessoa denunciada, através do telefone (67) 3411-7646. Será feita uma avaliação criteriosa e discreta para saber se de fato a pessoa denunciada está nomeada e recebe o salário sem trabalhar.

Ele disse que para o município fazer um levantamento para conseguir identificar as pessoas que não trabalham, é necessário montar uma equipe expecifica, que custa caro e gasta-se muito tempo. “O município não tem condições bancar nenhum dos dois, por isso, conta com o apoio da população para denunciar”, disse o secretrário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat