Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Combate entre americanos e xiitas mata 26 em Bagdá

6 Ago 2004 - 07h39
Pelo menos 26 pessoas morreram em combate na noite de ontem entre tropas dos Estados Unidos e milícias leais ao clérigo xiita Moqtada al-Sadr. Cerca de 90 pessoas estão feridos, entre eles pelo menos 15 militares norte-americanos.

Os confrontos ocorreram num espaço de seis horas na zona denominada Al-Sadr City, localizada ao nordeste da capital iraquiana, que é repleta de simpatizantes do clérigo rebelde.

Em comunicado, o comando militar americano informou que as milícias xiitas atacaram uma tropa militar com lança-granadas enquanto esta inspecionava a evolução de um projeto civil de infra-estrutura nessa área da cidade.

Em outros três incidentes, as patrulhas militares foram atacadas com disparos de armas leves feitos por mascarados.

Os incidentes em Sadr City ocorreram no mesmo dia no qual as tropas dos EUA e as milícias do "Exército de Mehdi" travaram intensos combates na cidade de Najaf, cerca de 230 quilômetros ao sul de Bagdá e um dos redutos do clérigo xiita. Pelo menos 20 pessoas, entre elas um soldado americano, perderam a vida na quarta-feira durante os confrontos em Najaf.

 

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

A QUE PONTO CHEGAMOS
Mãe mata o próprio filho após ser flagrada com amante pelo menino
MINÍSTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Tereza Cristina anuncia seis secretários para Ministério
FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'