Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 17 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Colômbia admite desistir da candidatura para Copa de 2014

23 Mar 2007 - 04h35
A Colômbia admite a possibilidade de desistir da candidatura para sede da Copa de 2014, o que deixaria o Brasil como único candidato. O presidente da Federação Colombiana de Futebol, Luis Bedoya, explicou que as exigências da Fifa para o país que organiza um Mundial são enormes e que isso será analisado nos próximos dias pelos dirigentes.

A candidatura colombiana causou surpresa no mundo do futebol. Foi ignorada pela Conmebol, que deu total apoio ao Brasil na disputa por 2014, e ainda recebeu duras críticas da Fifa - o presidente da entidade, Joseph Blatter, chegou a insinuar que a iniciativa era apenas marketing da Colômbia.

O maior entusiasta da candidatura é o governo colombiano. Tanto que o vice-presidente do país, Francisco Santos, esteve semana passada, junto com Luis Bedoya, na sede da Fifa, na Suíça, para conversar com Blatter e mostrar o real interesse em organizar a Copa.

Mas, na volta dessa viagem para a Suíça, Luis Bedoya reconheceu que os desafios impostos pela Fifa são difíceis de serem cumpridos e indicou que pode haver uma desistência. "A Federação terá de tomar uma decisão rapidamente sobre a ratificação ou não da candidatura para sede apresentada em dezembro e vigente até 16 de abril (data da entrega dos cadernos de encargos exigidos pela Fifa)", explicou o dirigente. "Isso será tema de profunda análise, pois a questão tem muitos fatores, inclusive políticos."

Sem apoio da Fifa e da Conmebol, os dirigentes colombianos temem repetir o fracasso de 1986, quando o país era sede da Copa mas não conseguiu organizá-la por problemas financeiros. Assim, coube ao México sediar aquele Mundial.

Enquanto isso, indiferente às dúvidas colombianas e consciente do amplo favoritismo brasileiro na disputa, o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, já busca apoio para sediar a Copa de 2014 no País. Ele tem visitado algumas cidades, conversando com os governantes e recebendo promessas de investimentos para a organização do Mundial.

A Fifa pretende anunciar oficialmente a sede da Copa do Mundo de 2014 em novembro deste ano.

 

 

Estadão

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto