Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de novembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

CNA denuncia manobra de frigorífico para baixar preço do boi

19 Jul 2004 - 09h35

O Fórum Nacional da Pecuária de Corte, órgão da CNA (Confederação Nacional da Agricultura), denuncia manobra de frigoríficos exportadores para derrubar os preços do boi gordo. Segundo a CNA, os frigoríficos Friboi e Bertin suspenderam a compra de animais para abate em praças de vários Estados, incluindo Mato Grosso do Sul, com o objetivo de forçar uma redução de preço na arroba do boi gordo.

Conforme o dirigente do fórum, os frigoríficos exportadores estão perdendo 2,2% em seu faturamento, devido à queda na cotação do dólar, e agora tentam recuperar suas margens de lucro, repassando os prejuízos para os pecuaristas. Essa, de acordo com a CNA, não é a primeira vez que a indústria se utiliza desse expediente, e o produtor deve estar atento para não cair na armadilha mais uma vez.

O Fórum recomenda aos produtores que reduzam a oferta até que os frigoríficos retomem as compras, sendo que a tática das empresas foi a de interromper as compras de animais nas praças com maior pressão de alta, para pôr fim a qualquer expectativa de elevação dos preços da arroba do boi. Segundo a CNA, pesquisa encomendada pela entidade a Esalq (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz), mostra que os preços da carne no varejo registraram aumento nos últimos meses, em função de melhoras nos níveis de consumo.

Ela argumenta que não há justificativa alguma para a manobra dos frigoríficos, a não ser “a sede insaciável de lucro” e a certeza de enfrentar um setor produtivo sem consciência da força que tem e pouco afeito à resistência organizada. De acordo com a CNA, o que mais preocupa é que esses dois frigoríficos, mais o Independente, detêm hoje 86% do faturamento das nossas exportações de carne bovina, que este ano totalizam R$ 1,46 bilhão, conforme o mesmo levantamento da Esalq. Segundo a entidade, o produtor brasileiro vai ter de se unir para tornar realidade a valorização do seu produto, a exemplo da Argentina, onde a arroba está a R$ 87,00, e do Uruguai, a R$ 93,00.


Deixe seu Comentário

Leia Também

BORA PRA BONITO - MS???
Natal 'Amor em Família' é no Águas de Bonito, Hotel, Agência e Restaurante em um só lugar em Bonito
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Yohana desmascara Camilo e ele a ameaça
BRASIL MEDONHO
Moradora de rua é morta a tiros por homem ao pedir R$ 1
SAUDE
Homem para de fumar e guarda dinheiro do cigarro para viajar, reformar a casa e mais
ORDEM E PROGRESSO
Mato Grosso do Sul tem a 6ª maior taxa de crescimento econômico do país
VÍDEO - CULTURA
Professor joga capoeira com aluno cadeirante e emociona web
MILAGRE
Glória Maria posta pela primeira vez após remoção de tumor: 'Hoje acredito em milagre'
DOENÇA TERRIVEL
'Que pena não ter realizado seu sonho, ver eu me formar', diz filha de Reinaldo, o príncipe do pagod
QUEM SERÁ?
Adriano Imperador leva loira de 22 anos, seu novo affair, para conhecer a família
FUTEBOL
Brasil faz três na Coreia do Sul e encerra jejum de vitórias