Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 25 de agosto de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Clubes franceses aumentam problemas do Corinthians

14 Ago 2007 - 13h37

Justamente de onde o Corinthians achava que viria alento para alguns de seus problemas surgem novos focos de incêndio para apagar. Dois clubes franceses resolveram complicar um pouco mais a já conturbada vida corintiana.

O Lyon, insatisfeito com a demora para o pagamento de R$ 21 milhões referentes ao caso Nilmar, resolveu recorrer à Fifa para que a entidade cobre o Corinthians. O prazo para o clube brasileiro quitar a dívida terminou na sexta-feira. E o Sochaux, que havia acertado a compra de Betão por R$ 2,4 milhões, desistiu do negócio.

O imbróglio com o Lyon é o mais complexo. Sem conseguir fechar acordo para receber a dívida, o clube francês resolveu notificar a Fifa sobre o calote corintiano. A entidade cobrará o Corinthians, via CBF. Se o time ainda assim não pagar pode até ser rebaixado.

Mas, segundo a advogada Marisa Alija, que defende o clube no caso, há um prazo para que o pagamento seja feito.

"A Fifa informará que o Corinthians tem até a próxima reunião da entidade para saldar a dívida. Se não o fizer, o caso entra na pauta de discussão."

A próxima reunião da Fifa, de acordo com a advogada, só deve ocorrer na segunda semana de setembro. Até lá, não há perigo de sofrer punição.

"E a primeira sanção geralmente é pecuniária. Uma multa de 5% do valor da causa", explica Alija. "Paralelamente a isso já entramos com pedido na Corte suíça [Justiça comum] para pedir a anulação do julgamento na Corte Arbitral do Esporte e pedir a suspensão do pagamento. E essa decisão sai em até três meses", completa.

Já com relação a Betão e o Sochaux, o Corinthians viu frustrada a tentativa de lucrar com um atleta cujo contrato vence em dezembro.

O time francês anunciou a desistência com alegação peculiar. Segundo o jornal francês "L'Equipe", Betão, de 1,77m e 83 kg, foi descartado por não ter porte físico adequado.

"Não foi isso não. Eles me viram, já me conheciam", explica Betão. "Não houve acerto com o Sochaux. Cheguei lá na terça-feira passada, e o presidente só me atendeu na sexta. E ele quis mudar várias coisas que haviam sido acertadas."

O Corinthians afirma que o zagueiro deve ser reunir hoje com a diretoria para definir seu futuro, mas que a tendência é que ele volte a treinar no clube.

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

A CASA CAIU
Homem pede divórcio ao descobrir que não é pai de nenhum dos nove filhos
ESTADO GRAVE
Homem ateia fogo em mulher e filha de 4 anos 80% do corpo queimado
SURPRESA E FÉ
Homem que morava em uma barraca ganha casa reformada
JUSTIÇA PROPRIAS MÃOS
Suspeito de ter estuprado criança é assassinado por lideranças de bairro
ASSISTA A REPORTAGEM
Família da modelo Mylena Mendes, que morreu em acidente faz protesto no Fórum
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que forjou DNA de Arthur em 'A dona do pedaço'
FOGO NA AMAZONIA
Macron diz que Bolsonaro mentiu, e Europa ameaça retaliar Brasil
TURISMO
Curtir a Cidade Maravilhosa com pacotes de viagens baratos
FUTEBOL - PAIXÃO NACIONAL
Uma estrutura confiável para resultados de futebol
POSSE DE ARMA
Posse de arma em toda extensão da fazenda é aprovada e segue para sanção