Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Clubes franceses aumentam problemas do Corinthians

14 Ago 2007 - 13h37

Justamente de onde o Corinthians achava que viria alento para alguns de seus problemas surgem novos focos de incêndio para apagar. Dois clubes franceses resolveram complicar um pouco mais a já conturbada vida corintiana.

O Lyon, insatisfeito com a demora para o pagamento de R$ 21 milhões referentes ao caso Nilmar, resolveu recorrer à Fifa para que a entidade cobre o Corinthians. O prazo para o clube brasileiro quitar a dívida terminou na sexta-feira. E o Sochaux, que havia acertado a compra de Betão por R$ 2,4 milhões, desistiu do negócio.

O imbróglio com o Lyon é o mais complexo. Sem conseguir fechar acordo para receber a dívida, o clube francês resolveu notificar a Fifa sobre o calote corintiano. A entidade cobrará o Corinthians, via CBF. Se o time ainda assim não pagar pode até ser rebaixado.

Mas, segundo a advogada Marisa Alija, que defende o clube no caso, há um prazo para que o pagamento seja feito.

"A Fifa informará que o Corinthians tem até a próxima reunião da entidade para saldar a dívida. Se não o fizer, o caso entra na pauta de discussão."

A próxima reunião da Fifa, de acordo com a advogada, só deve ocorrer na segunda semana de setembro. Até lá, não há perigo de sofrer punição.

"E a primeira sanção geralmente é pecuniária. Uma multa de 5% do valor da causa", explica Alija. "Paralelamente a isso já entramos com pedido na Corte suíça [Justiça comum] para pedir a anulação do julgamento na Corte Arbitral do Esporte e pedir a suspensão do pagamento. E essa decisão sai em até três meses", completa.

Já com relação a Betão e o Sochaux, o Corinthians viu frustrada a tentativa de lucrar com um atleta cujo contrato vence em dezembro.

O time francês anunciou a desistência com alegação peculiar. Segundo o jornal francês "L'Equipe", Betão, de 1,77m e 83 kg, foi descartado por não ter porte físico adequado.

"Não foi isso não. Eles me viram, já me conheciam", explica Betão. "Não houve acerto com o Sochaux. Cheguei lá na terça-feira passada, e o presidente só me atendeu na sexta. E ele quis mudar várias coisas que haviam sido acertadas."

O Corinthians afirma que o zagueiro deve ser reunir hoje com a diretoria para definir seu futuro, mas que a tendência é que ele volte a treinar no clube.

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel