Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 13 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Cinco jovens sofrem atentado; um morre e outro fica ferido

20 Set 2010 - 09h28Por
Cinco jovens foram vítimas de atentado, na noite de ontem, no centro de Dourados. Eles seguiam num Corsa branco com placas HRI 6359 de Dourados conduzido por Rafael Ursino da Silva, de 18 anos, quando dois pistoleiros em duas motocicletas emparelharam com o carro, na Avenida Presidente Vargas, em frente a Praça Antônio João, e descarregaram as armas.

Igor Marcondes dos Santos, de 18 anos, residente no Jardim Rasslem levou três tiros no peito e morreu ao dar entrada no hospital. Joilson Cavalcante de Menezes, de 20 anos, levou um tiro na perna direita.

O condutor, Rafael, não ficou ferido e conseguiu levar os dois colegas feridos para o hospital, mas não deu tempo de salvar a vida de Igor. No veículo, também estavam, Wellington Ferreira Freitas, 18 e Vinícius Vasconcelos da Silva, de 18 anos.

A Polícia Civil de Dourados está no encalço da dupla acusada de matar um e deixar outro ferido durante a emboscada. (Com informações de S.Bronka)

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas
REVIDE
Passageiro atropelado por motorista de aplicativo após vomitar em carro está em coma
A SERVIÇO DE DEUS
Angela Bismarchi festeja diploma para ser pastora: ‘Eu era pecadora e não sabia’
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz dá caixa com terra de cova de Gabriel para Valentina
INTOCÁVEL
PF pediu prisão domiciliar de Aécio, Cristiane Brasil e Paulinho da Força, mas PGR e STF não concede