SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 23 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
16 de Novembro de 2004 10h00

Cigarro mata 200 mil por ano no Brasil

O cigarro poderia dar trégua hoje, Dia do Não Fumar. Estudos publicados no site Orientações Médicas, mostram que o tabagismo é responsável por 200 mil mortes por ano no Brasil (23 pessoas por hora).
A fumaça é uma mistura de cerca de 4.700 substâncias tóxicas diferentes; sendo composto de duas fases: a fase particulada e a gasosa. A fase gasosa é composta, entre outros por monóxido de carbono, amônia, cetonas, formaldeído, acetaldeído, acroleína. A fase particulada contém nicotina e alcatrão.
A Organização Mundial da Saúde/OMS, considera a nicotina, uma droga psicoativa e que causa a dependência. A nicotina age no sistema nervoso central como a cocaína, com uma diferença: chega em torno de nove segundos ao cérebro. Por isso, o tabagismo é classificado como doença estando inserido no Código Internacional de Doenças (CID-10) no grupo de transtornos mentais e de comportamento devido ao uso de substância psicoativa. A nicotina também é responsável pela liberação de catecolaminas, causando vasoconstricção, acelerando a freqüência cardíaca, causando hipertensão arterial e provocando uma maior adesividade plaquetária.
A nicotina juntamente com o monóxido de carbono, provoca diversas doenças cardiovasculares. Além disso, estimula no aparelho gastrointestinal a produção de ácido clorídrico, o que pode causar úlcera gástrica. Também desencadeia a liberação de substâncias quimiotáxicas no pulmão, que estimulará um processo que irá destruir a elastina, provocando o enfisema pulmonar.
 
 
 
 
Dourados Agora
Comentários
Veja Também
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
HERBALIFE_300
LÉO_GÁS_300
Últimas Notícias
  
MBO_SEGURANÇA_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.