Menu
SADER_FULL
segunda, 23 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Fenômeno

Chuva de estrelas cadentes será vista nesta madrugada em todo o mundo

O fenômeno deve acontecer entre 4 e 6 horas desta madrugada.

11 Ago 2017 - 15h11Por Estadão Conteúdo

Uma chuva de estrelas cadentes, os raios dourados que descem o céu e duram poucos segundos, poderá ser vista na madrugada deste sábado, 12. O fenômeno previsto é o da entrada dos meteoros  'Perseidas' no planeta e terá maior evidência nas localidades mais ao norte do globo. 

No Brasil, quem estiver acordado nas regiões norte e nordeste verá mais nitidamente a chuva. A visão no sudeste será menor, e mesmo assim dependerá do céu e horizonte limpo. O fenômeno deve acontecer entre 4 e 6 horas desta madrugada. 

A causa da chuva de estrelas cadentes Perseidas é a passagem da Terra pela trajetória do cometa swift - tuttle. "Um cometa deixa pedacinhos, deixa meteoros por onde passa.Quando o planeta atravessa esse caminho, alguns meteoros entram na terra. O raio de luz, a estrela cadente, é sinônimo do meteoro se queimando devido a seu atrito com a atmosfera", explica Roberto Costa, professor de Astronomia da Universidade de São Paulo (USP).

Nesta madrugada, espera-se uma grande quantidade de meteoros. "Uma média de um por minuto", afirma Costa. Essa é a grande diferença em relação a outras épocas. "Todos os dias caem meteoros sobre a Terra, mas em intervalos muito longos, e quase imperceptíveis. Hoje haverá uma chuva de meteoros", diz o professor.

Segundo Costa, no Brasil será um pouco difícil de ver. "Há um certo alarde sobre essa chuva porque nos informamos muito pelo noticiário do hemisfério norte, onde, desta vez, a visualização será expressivamente melhor que a do hemisfério sul", afirma. 

O nome Perseidas está relacionado ao ponto de origem dos meteoros, que neste caso vêm do norte, da Constelação de Perseus. É exatamente por isso que a visualização da chuva é maior nas regiões mais ao norte do globo. Em outras épocas, os meteoros Orionídeas podem ser vistos na altura das estrelas Três Marias. Já os Leonídeas, quando caem sobre a Terra, são mais evidentes na direção nordeste do céu. 

A chuva de meteoros não representa risco ao planeta porque eles são pequenos. Seria um problema apenas se esses meteoros não se dividissem e, com grande diâmetro, caíssem sobre a Terra. "Mas esse risco é praticamente irrelevante", diz Costa. 

Escuro e limpo

Ainda que as Perseidas sejam menos evidentes no hemisfério sul, alguns truques podem ser usados para favorecer a aparição. 

O professor da USP sugere que se procure um local com menos prédios e árvores, de onde se veja melhor o horizonte. Quanto mais escuro e mais limpo, melhor. A Lua não será uma aliada: em fase minguante, deve prejudicar um pouco a visão porque é outro ponto de luz no céu. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO POLICIA FEDERAL
Prisões de Puccineli e filho são destaques em jornais nacionais
OSTENTAÇÃO
Cavalo que vale mais que uma Ferrari é destaque em exposição
CAMPO BELO RESORT - PROMOÇÃO
Campo Belo Resort com promoção especial de 22 a 31 de julho, CONFIRA
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Karola descobre o paradeiro de Luzia e chantageia a DJ: Beto ou cadeia?
ACIDENTE FATAL NO BEACH PARK
Acidente no Beach Park, veja como é o brinquedo 'Vainkará' que matou turista
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Fátima do Sul: O Boticário lança linha de cuidados masculinos e mostra que homens também se cuidam
ACIDENTES NAS ESTRADAS
Acidente grave: nove caminhões e um morto na BR-376
POLEMICA
Transexual é retirada algemada de banheiro público feminino em Araruama
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Remy agarra Luzia e Ícaro salva a mãe de ser estuprada
TURISMO PELO BRASIL E MUNDO
Indústria de Hotéis aguarda aprovação dos jogos para captar bilhões em produtos turísticos