Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

China pode ser o mais novo comprador de carne bovina do TO

8 Set 2004 - 15h40
Uma missão chinesa do segmento de carnes deve vir ao Tocantins já no primeiro semestre de 2005, para então fechar um acordo comercial com a cadeia produtiva da carne local. Durante a visita, os chineses poderão conhecer in loco o potencial do Estado neste segmento.

No entanto, a possível exportação de carne do Tocantins depende da obediência das condições fitossanitárias estabelecidas pelo governo chinês, com articulações do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Como o Estado é zona livre de Febre Aftosa, tendo o seu rebanho com comprovados altos índices de sanidade, o acordo de exportação de carnes para a China já é dado como certo. Pelo menos é o que a comitiva tocantinense que participou da Expo Brasil China, de 31 de agosto a 03 de setembro, acredita, uma vez que foi selado um compromisso verbal (que na cultura milenar chinesa é lei) entre os empresários do maior frigorífico chinês e os diretores do frigorífico gurupiense, Safrigu.

A visita da diretora executiva do maior frigorífico chinês, Wang Xiu Qin, ao Tocantins, não deve passar de abril de 2005. Na visita a diretora executiva e comitiva poderão observar as condições do rebanho tocantinense, mais especificamente os passos relativos a cria, recria, engorda, abate e frigorificação. A visita às instalações do frigorífico chinês aconteceu na semana passada.

Na oportunidade, o secretário da Indústria, Comércio e Turismo, Emilson Vieira dos Santos, da Agricultura, Roberto Sahium , os empresários Jose João Stival Junior e Thomas Kim, ambos do grupo Safrigu de Gurupi, e mais o presidente do Sindicarnes e da Abrafrigo (Associação Brasileira de Frigoríficos), José João Stival, puderam constatar o grande potencial em estruturas físicas e de distribuição do grupo, sendo recepcionados com grande interesse pelos diretores. Vale ressaltar que o grupo chinês ocupa uma posição bastante sólida na China, abastecendo com carne bovina e de ovelhas o exército, governo e universidades.

A China é o terceiro maior comprador de produtos brasileiros. Lembrando que o Brasil já lidera mundialmente a exportação de suco de laranja, açúcar, café, tabaco e carne bovina. Quanto ao Tocantins, de janeiro a julho de 2004, a balança comercial do Estado registrou um crescimento de 344,47%, em comparação ao mesmo período do ano passado, totalizando a cifra de US$ 92,2 milhões.

Só em julho, as vendas registradas atingiram US$ 68,5 milhões. A soja, a carne e o suco de abacaxi continuam sendo os principais produtos da pauta de exportação, totalizando, até julho, US$ 84,7 milhões, US$ 5,5 milhões e US$ 2,2 milhões, respectivamente.
 
 
Folha Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho