Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

China encontra fungicida em soja do Brasil e da Argentina

29 Set 2004 - 14h07
Autoridades da quarentena chinesa registraram a presença do fungicida carboxin em carregamentos de soja do Brasil e da Argentina, informou a agência oficial de notícias do país Xinhua nesta quarta-feira (29-09). Esta foi a primeira vez que o carboxin foi encontrado em um carregamento da Argentina. Anteriormente, vários carregamentos brasileiros haviam tido problemas pela presença de fungicida.

As autoridades em Huangpu, na província de Gaungdong, separaram os grãos afetados do carregamento argentino de 60,9 mil toneladas, avaliado em 16,9 milhões de dólares, e os destruíram, apontou a agência.

As autoridades da quarentena e da província não quiseram comentar o caso. Traders afirmaram que as autoridades portuárias estavam descarregando o carregamento argentino normalmente, apesar do problema.

Na cidade de Tianjin, costa norte de país, um carregamento brasileiro de soja também foi identificado como contaminado com o carboxin, disse à Reuters uma autoridade local da quarentena.

Ela preferiu não comentar o destino do carregamento, mas traders e analistas disseram que o volume provavelmente será descarregado após a separação dos grãos afetados.

No primeiro semestre a China havia proibido o descarregamento de cinco navios com soja do Brasil depois que o carboxin - um defensivo agrícola prejudicial à saúde - foi encontrado.

"O problema não é mais uma questão tão séria e provavelmente não afetará o comércio", disse um trader de uma corretora internacional de grãos, já que a China concordou com a adoção de regras que determinam a separação dos grãos de soja com fungicida.

O carboxin é um fungicida normalmente usado para o tratamento de sementes de soja. Algumas vezes, produtores acabam misturando sementes que não utilizaram aos grãos que vendem no mercado, causando a contaminação.

A China, maior comprador de soja do mundo, importa principalmente dos Estados Unidos, Brasil e Argentina. O país asiático importou 12,5 milhões de toneladas de soja nos primeiros oito meses de 2004. Do total, 6,3 milhões de toneladas vieram dos Estados Unidos, 3,7 milhões do Brasil e 2,46 milhões da Argentina.
 
 
Reuters

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho