Menu
SADER_FULL
quarta, 26 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Chefe paga R$ 5 mil por chamar funcionária de "sapatão"

12 Mar 2007 - 11h00
A 3ª Câmara de Direito Civil do Tribunal de Justiça de Santa Catarina garantiu a uma funcionária o direito de receber indenização de R$ 5 mil de sua chefe por agressões pessoais.
 
A autora da ação, que foi identificada como F.A., acusa a chefe B.F.G de chamá-la de "sapatão", "lésbica", "homossexual" e "maconheira" durante o trabalho.
 
F.A entrou com ação por danos morais e a desembargadora Salete Sommariva considerou que a chefe agiu de forma incorreta. "Cabe ressaltar que a existência de subordinação hierárquica não possibilita o superior agir de maneira indigna perante seus subordinados", afirmou.
 
Testemunhas afirmaram não ter presenciado ofensas da chefe para com a subordinada. Entretanto, a desembargadora considerou os dois depoimentos e deu ganho de causa à autora da ação.
A decisão foi unânime. Em primeira instância, a chefe já havia sido condenada, na Comarca de Brusque.
 
Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita da INVERTIA.
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Acadêmico de Medicina morre com suspeita de dengue hemorrágica
INSTINTO ASSASSINO
Jovem leva 23 perfurações pelo corpo dois dias após se separar e fica em coma induzido
CRUELDADE
Adolescentes torturam e matam garota por causa de ciúmes, divulgam vídeo e são apreendidas
HABEAS CORPUS
Segunda Turma do STF mantém Lula preso
TRAGEDIA NA RODOVIA
Uma pessoa morre e cinco feridos após carro da Secretaria de Saúde bater em caminhão
ESCRAVIDÃO
Mulher era mantida em cárcere privado por 20 anos
MONSTRUOSIDADE
Bebê de 9 meses é estuprado e espancado até a morte
QUADRO ESTÁVEL
Após acidente e cirurgia às pressas, Filho de Huck e Angélica deixa UTI
CIGARREIRO
Homem morre após capotar carro carregado com cigarros
ASSÉDIO SEXUAL
Dany Bananinha sofre assédio em praia do Rio e impede nova vitima: 'Me tremi toda'