Menu
SADER_FULL
terça, 23 de julho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Cesta básica fica mais cara em 14 de 17 capitais em setembro

5 Out 2010 - 09h06Por G1

O preço da cesta básica subiu em 14 de 17 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), contrariando a tendência de queda registrada nos últimos meses. O levantamento foi divulgado nesta segunda-feira (4).

As maiores altas, de acordo com a pesquisa, foram verificadas em Salvador, cujos preços subiram 3,67%, Rio de Janeiro, com aumento de 3,62%, Vitória, 3,39%, e Fortaleza, 3,13%. Na contramão, os maiores recuos foram verificados em Natal (-1,28%), João Pessoa (-1,13%) e Aracaju (-0,80%).

Apesar de não ter subido tanto, em comparação às outras capitais, Porto Alegre segue em setembro tendo a cesta básica mais cara entre as 17 capitais, ao custo de R$ 243,73. Na sequência, aparece Em São Paulo. Na capital paulista, o preço da cesta subiu 2,30%, chegando a custar R$ 241,08. Entre as mais caras ainda estão Manaus (R$ 228,76), Vitória (R$ 225,35) e
Florianópolis (R$ 223,73).

De acordo com a pesquisa, as cestas mais baratas foram encontradas em Aracaju (R$ 173,56), João Pessoa (R$ 181,23) e Fortaleza (R$ 185,12).

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA DO SÉCULO
Jovem que se jogou da ponte foi encontrado por pescador
MUITO TRISTE
Adolescente perde luta para o câncer e comove toda cidade
TRAGÉDIA
Neto de empresário de transportes morre atropelado por funcionário
CRUELDADE
Criança que estava desaparecida é encontrada morta. Padrasto confessou o crime
BARBÁRIE
Apos perder filha com câncer professora envolve com drogas e é assassinada
DESEMPREGO
Toyota anuncia fim do terceiro turno e demissões em Sorocaba e Porto Feliz
ABUSO SEXUAL
Famílias de jovens abusados sexualmente em estação fazem acordo com Supervia
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Lyris ameaça Agno e faz escândalo dizendo que ele é gay
FAMOSIDADES
Mulher de Eduardo Bolsonaro desativa conta no instagram em meio a polêmica com o marido
CONCURSOS
Ao menos 12 órgãos abrem inscrições para preencher quase 800 vagas