Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

Cervejarias são multadas por formação de cartel

18 Abr 2007 - 14h55

Três cervejarias holandesas foram multadas em 273,7 milhões de euros (US$ 372 milhões) pela Comissão Européia nesta quarta-feira (18) por fixarem preços em seu mercado doméstico. A Heineken foi a mais penalizada.

A InBev, formada em 2004 pela união da belga Interbrew e da brasileira AmBev, não recebeu multa por ter fornecido o que a Comissão chamou de "informação decisiva" sobre o cartel.

A chefe antitruste da União Européia, Neelie Kroes, prometeu ampliar as multas para cartéis no futuro, após ter imposto o pagamento de 219 milhões de euros à Heineken, na sétima maior multa aplicada pela Comissão por violação de regras concorrenciais no bloco de países.

 

 Cartel teria sido formado entre 1996 e 1999

As evidências "mostraram que Heineken, InBev, Grolsch e Bavaria formaram um cartel ilegal na Holanda", afirmou a Comissão. "Os principais executivos dessas companhias sabiam muito bem que o procedimento era ilegal, mas seguiram adiante e tentaram encobrir as provas", disse Kroes.

O cartel era para a venda de cerveja em hotéis, restaurantes, cafeterias e supermercados.

A cervejaria Grolsch foi multada em 31,7 milhões de euros e a holandesa Bavaria - que não está relacionada à empresa de mesmo nome na Colômbia controlada pela SABMiller - terá que pagar 22,9 milhões de euros.

A Comissão Européia disse que as evidências de formação de cartel de cerveja entre 1996 e 1999 incluem notas escritas à mão e provas de datas e locais em que encontros foram realizados.

A Grolsch e a Bavaria informaram que vão recorrer da decisão. A Heineken disse ter ficado surpresa com a decisão e afirmou que a multa é excessiva e injustificada, e que também pretende apelar.

 

 

RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'