MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 22 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
20 de Setembro de 2004 10h23

Cérebro produz substância com efeito da maconha

Um estudo de medicina da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, revelou que o cérebro produz substâncias que produzem efeitos similares aos da maconha.

Segundo a Agência Fapesp, a pesquisa verificou que um grupo de neurônios que atua no principal centro de processamento de informações do cérebro, o córtex, libera substâncias químicas similiares ao tetrahidrocanabinol (THC), o princípio ativo da maconha, para diminuir sua própria atividade.

O córtex cerebral processa informações dos olhos, ouvidos, pele e outros órgãos sensoriais, além de regular os movimentos voluntários e realizar funções complexas, como as envolvidas nas emoções ou no aprendizado. No córtex, estão dois tipos de células nervosas: neurônios piramidais, que excitam tanto os vizinhos locais quanto os distantes, e interneurônios inibitórios, que diminuem a atividade de células cerebrais próximas a eles.

Os interneurônios permitem que o cérebro não responda a cada estímulo recebido. São também os interneurônios que protegem contra a excitação descontrolada ou convulsões. O estudo revelou que os interneurônios têm a capacidade de "drogar" a si mesmos quando se encontram em estado de repetida excitação, em um processo de auto-inibição. A classe de interneurônios estudada, chamada de células LTS, produz e libera canabinóides que se grudam a seus próprios receptores, bloqueando a capacidade de enviar sinais a outros neurônios.

Ao inibirem a si mesmos, os interneurônios bloqueiam sua própria função inibitória em relação aos neurônios piramidais. Sem o efeito inibidor, as células piramidais passam a enviar sinais mais intensamente, levando a um nível de atividade mais elevado no córtex.

O estudo, liderado pelo professor de neurologia David Price, pretendia apenas entender as mudanças que a maconha provoca no cérebro do usuário. Os pesquisadores acreditam que, ao entender melhor os efeitos no cérebro das substâncias químicas contidas na maconha, possam utilizar apenas os aspectos medicinais da droga, evitando os efeitos eventualmente danosos.

 

Terra Redação

Comentários
Veja Também
FÁBRICA_CALÇADOS
HERBALIFE_300
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Últimas Notícias
  
HERBALIFE_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.