Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 19 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Cerca de 47% da população não tem casa própria, diz enquete

4 Out 2010 - 13h00Por TV Morena

A maioria dos internautas que participou de enquete no Portal TV Morena diz não possuir e nem ter acesso a programa de financiamento da casa própria. A enquete não tem valor científico por não ser pesquisa estratificada, mas demonstra, um indicativo.

A enquete, que ficou no ar entre 23 de setembro e 3 de outubro, teve a participação de 486 internautas, que tiveram quatro alternativas de resposta à pergunta.Você já tem casa ou apartamento? Hoje está mais fácil financiar um imóvel residencial?

Cerca de 21% dos internautas optaram pela resposta afirmativa - Sim, tenho imóvel financiado por meio de programa habitacional, que está mais acessível. Já outros 24% afirmaram ter casa/apartamento, mas a aquisição não foi feita por meio de programa oficial.

A maioria, no entanto, disse que ainda não tem casa própria porque a renda é insuficiente e devido a burocracia. Uma parcela de 9% disse não ter casa ou apartamento, mas fez inscrição em programa oficial e espera ser chamado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados