Menu
SADER_FULL
quinta, 17 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Cerca de 25 mil índios estão sem atendimento na fronteira

29 Jun 2007 - 04h25
Cerca de 25 mil índios guarani-kaiowá e guarani-ñhandeva de nove municípios da região de fronteira entre Brasil e Paraguai, no sul do Estado em Mato Grosso do Sul estão sem atendimento por parte da Funai (Fundação Nacional do Índio) a pelo menos 60 dias.

O atendimento às aldeias da região por parte do órgão federal parou de ser prestada desde que a Administração Regional da Funai em Amambai foi fechada pela direção do órgão em Brasília para a criação da AR de Dourados.

Em uma reunião de lideres indígenas representando 22 aldeias atendidas pela extinta Administração Regional com o presidente da Funai Márcio Meira, realizada em Brasília há 15 dias atrás, Meira assinou uma ata se comprometendo a devolver a sede da Administração Regional para Amambai, município, que segundo os indígenas está em local estratégico para atender a todas as aldeias da região, compromisso, que segundo os indígenas não foi cumprido até agora, já que a Regional não voltou a ser unidade gestora.

Dourados é Responsável- Até que a Administração Regional seja devolvida a Amambai oficialmente e volte a ser unidade gestora, com recursos próprios, ação que deverá levar algum tempo, tendo em vista que terá que ser recriada através de uma nova Lei, a recém criada Administração Regional da Funai de Dourados seria a responsável pelo atendimento e assistência das aldeias indígenas da região, fator que não vem ocorrendo, segundo as lideranças kaiowá e ñhandeva.

Segundo as lideranças indígenas da região que voltaram a se reunir na sede da antiga Administração Regional em Amambai, hoje os indígenas da região estão sem nenhum atendimento por parte da Funai.

Documentos deixam de ser emitidos, as aldeias não recebem investimentos para a plantação das lavouras, crianças e idosos estão sem transporte e sem alimentação entre outros atendimentos que não são prestados, de acordo com as lideranças.

Na manhã dessa quarta-feira uma comissão de lideranças regionais procurou a Câmara Municipal de Amambai para pedir apoio da classe política para ajudar a intermediar junto aos órgãos competentes. Os líderes indígenas foram recepcionados pelo vereador Josmair Cardoso (PR).

 

 

A Gazeta News


Deixe seu Comentário

Leia Também

GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'
ALERTA
Smartphone afeta a saúde mental, e o dano pode começar em crianças de 2 anos!
TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
NOVELA GLOBAL
Gabriel e Valentina viram inimigos mortais em 'O sétimo guardião'
REALITY SHOW
BBB 19 começa hoje. Na Rocinha Casa de Darnrley vira "QG" de Torcida
POSSE DE ARMAS
Bolsonaro assina nesta terça-feira decreto que facilita posse de armas
HEROINA
Professora Helley, que salvou crianças de incêndio em Janaúba, é homenageada e dá nome a rodovia
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’