Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 19 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Cerca de 25 mil índios estão sem atendimento na fronteira

29 Jun 2007 - 04h25
Cerca de 25 mil índios guarani-kaiowá e guarani-ñhandeva de nove municípios da região de fronteira entre Brasil e Paraguai, no sul do Estado em Mato Grosso do Sul estão sem atendimento por parte da Funai (Fundação Nacional do Índio) a pelo menos 60 dias.

O atendimento às aldeias da região por parte do órgão federal parou de ser prestada desde que a Administração Regional da Funai em Amambai foi fechada pela direção do órgão em Brasília para a criação da AR de Dourados.

Em uma reunião de lideres indígenas representando 22 aldeias atendidas pela extinta Administração Regional com o presidente da Funai Márcio Meira, realizada em Brasília há 15 dias atrás, Meira assinou uma ata se comprometendo a devolver a sede da Administração Regional para Amambai, município, que segundo os indígenas está em local estratégico para atender a todas as aldeias da região, compromisso, que segundo os indígenas não foi cumprido até agora, já que a Regional não voltou a ser unidade gestora.

Dourados é Responsável- Até que a Administração Regional seja devolvida a Amambai oficialmente e volte a ser unidade gestora, com recursos próprios, ação que deverá levar algum tempo, tendo em vista que terá que ser recriada através de uma nova Lei, a recém criada Administração Regional da Funai de Dourados seria a responsável pelo atendimento e assistência das aldeias indígenas da região, fator que não vem ocorrendo, segundo as lideranças kaiowá e ñhandeva.

Segundo as lideranças indígenas da região que voltaram a se reunir na sede da antiga Administração Regional em Amambai, hoje os indígenas da região estão sem nenhum atendimento por parte da Funai.

Documentos deixam de ser emitidos, as aldeias não recebem investimentos para a plantação das lavouras, crianças e idosos estão sem transporte e sem alimentação entre outros atendimentos que não são prestados, de acordo com as lideranças.

Na manhã dessa quarta-feira uma comissão de lideranças regionais procurou a Câmara Municipal de Amambai para pedir apoio da classe política para ajudar a intermediar junto aos órgãos competentes. Os líderes indígenas foram recepcionados pelo vereador Josmair Cardoso (PR).

 

 

A Gazeta News


Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura
ACIDENTE NA ESCOLA
Criança de 7 anos tem ferimentos graves após trave de futebol cair em sua cabeça em escola
ESTUPRO
Grávida de 20 anos foi estuprada ao pegar carona. Tarado filmou a ação
ACERTO DE CONTAS
Homem é morto a facadas e tem cadeado colocado na boca
POLEMICA
Funcionária de creche chamada de 'vadia' em faixa exposta em praça de MG recebe apoio