Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 21 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
ELEIÇÕES 2010

Cerca de 200 mil eleitores votarão fora do País

6 Ago 2010 - 05h22Por Folha Online

Para conhecer novas possibilidades e técnicas de cultivo cerca de 100 produtores do assentamento Margarida Alves, de Rio Brilhante, participam nesta quinta-feira dia cindo, do Dia de Campo: Cultura da Pupunha, na Gleba Santa Teresinha, na cidade de Itaporã, no sul do Estado. Durante a visita, organizada pelo Sebrae, em parceria com a Unigran, o Banco do Brasil e a Prefeitura de Rio Brilhante, o grupo vai conhecer o trabalho de César Janzeski, que há cinco anos planta pupunheiras em sua propriedade.

O consultor do Sebrae, Carlos de Camilo, que trabalha na orientação dos produtores da gleba conta que a pupunha é um palmito doce e de mesa. As árvores estão prontas para o corte em quatro anos, e de dois em dois anos há uma nova produção. “Não dá para trabalhar com a pupunha como cultura principal, mas sim em conjunto com outros cultivos. Você pode, por exemplo, ter as palmeiras e nas entrelinhas plantar mandioca, milho ou feijão”, relata.

Assim como no exemplo do consultor, César Janzeski não tem na pupunheira sua principal fonte de renda. De acordo com ele, o carro chefe de sua propriedade é a goiaba, que planta em cerca de cinco hectares. “De pupunha eu tenho aqui mais ou menos meio hectare. Dá umas 2.500 árvores”, conta. A média da produção de palmito na sua terra é de mil quilos por ano.

Atualmente, Janzeski vende o palmito que retira das palmeiras in natura sob encomenda. No entanto, já tem planos para beneficiá-lo. “Estou começando uma indústria de polpas, mas quero aproveitar a estrutura para ‘envidrar’ a pupunha em conserva”.

Para Carlos de Camilo, essa mudança vai significar um grande salto no faturamento do produto. “Atualmente o César vende uma peça inteira de palmito por R$ 8. Com as conservas, além de conseguir colocar o produto em feiras e supermercados, vai conseguir o dobro do valor pela mesma quantidade de produto”, estima.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19