Menu
SADER_FULL
segunda, 10 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Cepal vê Brasil crescendo 7,6% e América Latina 5,2% em 2010

22 Jul 2010 - 06h12Por Folha Online

A economia da América Latina e do Caribe deve crescer 5,2% em 2010, após recuperar-se do impacto da crise global do ano passado, afirmou nesta quarta-feira a Cepal (Comissão Econômica da América Latina e do Caribe).

A Cepal disse que a economia da região crescerá a uma taxa mais moderada em 2011, 3,8%, dadas as preocupações remanescentes sobre a saúde da economia global.

O órgão previu também uma expansão de 7,6% do Brasil em 2010 e de 4,5% em 2011. A projeção para a economia do México, segunda maior da América Latina, é de crescimento de 4,1% neste ano e de 3% em 2011.

A Cepal elogiou os governos latino-americanos pela sólida política fiscal, que permitiu gastos anticíclicos durante a crise financeira global. Os Estados Unidos e a Europa ainda estão com dificuldades para se recuperarem da recessão.

"A sólida macroeconomia evidente na maioria dos países da América Latina e do Caribe nos anos antes da crise internacional marcou uma mudança significativa", disse a Cepal em comunicado.

"Os países se aproveitaram de um período excepcional de bonança econômica e de finanças internacionais para limpar suas contas públicas."

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado