Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Centro produzirá até 60 milhões de doses de vacinas por ano

5 Ago 2004 - 07h55
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitará nesta manhã as obras do novo Centro de Produção de Antígenos Virais (CPAV), no Rio de Janeiro. A unidade, que fará parte do complexo Bio-Manguinhos, deve ser inaugurada no ano que vem. A visita será logo após inaugurar o Centro de Produção de Antígenos Bacterianos Charles Mérieux (CPAB), na sede da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Quando entrar em operação, o CPAV poderá produzir até 60 milhões de doses por ano de vacinas para sarampo, caxumba e rubéola e 20 milhões de outras vacinas. Esta é a estimativa de capacidade do laboratório, que pelo projeto terá uma área construída de 9.360m².

Também serão produzidas na unidade, em médio prazo, vacinas contra a varicela (ou catapora), a hepatite A e o rotavírus (responsável pela diarréia em crianças). No futuro, estão previstas a fabricação de vacinas inativadas contra poliomielite, febre amarela e dengue.

Juntamente com o CPAV, cuja inauguração está programada para 2005, funcionará um Centro de Controle de Qualidade e a Divisão de Reativos para Diagnóstico. O conjunto formará um dos complexos mais avançados em desenvolvimento tecnológico e produção de vacinas e reagentes
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação