Menu
PASSARELA
quinta, 19 de julho de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Centrais sindicais querem mínimo de R$ 320

8 Dez 2004 - 16h59
Representantes do movimento sindical afirmaram, nesta tarde, que não vão aceitar um valor de salário mínimo para 2005 inferior a R$ 320 e também exigem do governo a correção da tabela do imposto de renda em, pelo menos, 17%. As reivindicações foram levadas ao ministro da Fazenda, Antônio Palocci, na reunião que ocorre na tarde de hoje (08). "Na nossa opinião 17% é o mínimo aceitável para a correção da tabela do imposto de renda", disse Luiz Marinho, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Os sindicalistas alegam que a tabela está defasada em 61,53%, correspondentes à inflação dos últimos oito anos. Mas eles aceitariam que a correção fosse feita apenas de acordo com a variação dos dois anos do governo Lula, de 17%. "O ministro Palocci tem uma dívida conosco. Porque em reunião, na casa do líder João Paulo Cunha, ele nos propôs o redutor de R$ 100,00 com o compromisso de rever a tabela e é isso que nós esperamos hoje dele", afirmou o presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva. O redutor de 100 reais foi criado em julho.

Quanto ao salário mínimo, ambos os sindicalistas afirmaram que mesmo o governo antecipando o reajuste de maio para janeiro, como foi proposto, os trabalhadores não aceitarão nada abaixo dos R$ 320. "Não vale nada antecipar para janeiro com o valor baixo", disse Marinho, informando ainda que vai pedir, além do valor de R$ 320 no Orçamento de 2005, a definição de uma política de correção do salário mínimo. "É preciso acabar com esse debate hipócrita anual do salário mínimo. É inaceitável que o governo Lula não tenha uma política clara de recuperação do salário mínimo".

As duas propostas serão a principal bandeira da marcha a Brasilia que as centrais sindicais estão organizando para a proxima semana.
 
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Fátima do Sul: O Boticário lança linha de cuidados masculinos e mostra que homens também se cuidam
ACIDENTES NAS ESTRADAS
Acidente grave: nove caminhões e um morto na BR-376
POLEMICA
Transexual é retirada algemada de banheiro público feminino em Araruama
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Remy agarra Luzia e Ícaro salva a mãe de ser estuprada
TURISMO PELO BRASIL E MUNDO
Indústria de Hotéis aguarda aprovação dos jogos para captar bilhões em produtos turísticos
AGORA EM DOURADOS - MS
UNIPAR EAD com cursos de Educação Física, Letras, Marketing e mais 22 cursos, Confira todos aqui
TRAGEDIA
Acidente chocante em Foz: casal morre na hora em batida
NOVELA GLOBAL
Aliada de Laureta, Rosa se vinga do pai e o humilha no restaurante em ‘Segundo sol’
GRANA
Governo antecipa primeira parcela do 13º de aposentados e pensionistas
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Severo é preso e humilha Roberval