Menu
SADER_FULL
quinta, 13 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

CBF anuncia segunda convocação de Mano para próxima sexta

17 Ago 2010 - 10h18Por Uol Esportes
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, por meio de seu site oficial, que a segunda convocação de Mano Menezes acontecerá na próxima sexta, às 12h (de Brasília). O treinador vai escolher os jogadores que disputarão amistosos nas datas Fifa de setembro, cujos adversários ainda não foram confirmados.

O evento acontecerá, mais uma vez, no hotel Sheraton, no Rio de Janeiro. Desta vez, Mano Menezes deve reduzir o número de jogadores de clubes brasileiros na seleção. As datas reservadas pela Fifa, segundo seu site oficial, vão de 4 a 8 de setembro.

Em sua primeira chamada, no fim de julho, o treinador lembrou de apenas quatro convocados por Dunga para a Copa da África do Sul.

Apesar de não restringir a participação destes atletas, Mano entendeu que eles precisavam passar um período distante da seleção após o baque da eliminação nas quartas de final.

A estreia de Mano no comando do time nacional aconteceu no dia 10 deste mês, na vitória por 2 a 0 sobre os Estados Unidos, com gols de Neymar e Pato.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Luz passa mal ao abraçar e beijar a mãe pela primeira vez
FURACÃO
Atlético-PR ganha nos penaltis e é campeão da Sul-Americana
PROVAS ROBUSTAS
PF apreende R$ 2 milhões em busca em endereços de Aécio e aliados de Temer
INCREDIBILIDADE
Um Governo ficha-suja: mais da metade dos ministros estão enrolados
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Aranha descobre marca de pata de gato de Gabriel, tira foto e conta aos guardiã
SUSTO
Celular pega fogo no bolso da calça e deixa homem com queimaduras na perna e mãos
PROCURADO
Com prisão decretada desde setembro, Dado Dolabella é considerado foragido da Justiça
DICAS DE MARKETING
5 dicas de marketing para um negócio de dropshipping
CRIME HEDIONDO
Câmera flagra ataque de suspeito de estuprar garota de 14 anos em SP; vídeo
TERROR
Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos em Campinas