Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

CBF anuncia convocação da seleção para o Mundial sub-17

25 Jul 2007 - 16h39

Depois de fracassar no Pan do Rio-2007 --foi eliminada na primeira fase--, a seleção brasileira foi convocada para o Mundial sub-17, de 18 de agosto a 9 de setembro, na Coréia do Sul.

O técnico Lucho Nizzo relacionou 21 jogadores, com destaque para o meia-atacante Lulinha, do Corinthians. A apresentação está marcada para terça-feira.

A seleção brasileira estréia na competição no dia 18 de agosto, contra a Nova Zelândia, e ainda enfrenta Coréia do Norte e Inglaterra na primeira fase.

Confira a lista dos convocados

Goleiros
Marcelo (Flamengo)
Renan (Atlético-MG)
Leonardo (São Paulo)

Zagueiros
Lucas (Flamengo)
Forster (Internacional)
Lázaro (Atlético-MG)
Daniel (Internacional)

Laterais
Rafael (Fluminense)
Michel (Flamengo)
Fábio (Fluminense)
Bruno (Grêmio)

Meio-campistas
Fellipe (Botafogo)
Tales (Internacional)
Alex (Vasco)
Lulinha (Corinthians)
Tiago (Grêmio)
Giuliano (Paraná)

Atacantes
Júnior (Botafogo)
Maicon (Fluminense)
Fabinho (Internacional)
Choco (Atlético-PR)

 

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento