Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 27 de junho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Caubói Alberto é eliminado do BBB com 85% dos votos

21 Mar 2007 - 07h42
O jogo terminou para o principal articulador da trama que emparedou e colocou um ponto final no polêmico triângulo amoroso formado por Íris, Diego e Fani. O caubói Alberto deixa a casa do Big Brother Brasil e a disputa por R$ 1 milhão, com 85% dos votos do público, diante da DJ Analy.
 
Desde que declarou guerra ao trio e passou a recrutar brothers para a batalha, o mineiro conseguiu a façanha de formar três paredões só com rivais, eliminando Íris, Fani e Flávia. Querido por todos no início da disputa - foi o primeiro a ser imunizado, recebendo o colar de Diego - e promoter das ‘festinhas do balde’, Alberto não soube administrar sua irritação ao ver o amigo Alemão se aliar justamente à arquiinimiga loira.
 
A partir daí, os loiros passaram a ser ´persona non grata´ nas conversas do Caubói. Alçado a adversário de Cobra com os votos de Bruno, Fani e Flávia, Alberto venceu o skatista, eliminado por acachapantes 93% dos votos (maior percentual de rejeição desta edição).
 
O mineiro, contudo, levou a sério o polêmico pacto de sangue que havia feito com o skatista e tomou as dores do eliminado. O sorriso, antes sempre aberto, passou a dar lugar a olhares atravessados e cheios de desconfiança, como ele mesmo reconheceria depois. A partir de então, Caubói passou a gastar horas a fio tentando convencer o paulista a não se deixar influenciar pela sacoleira.
 
Duas semanas depois, ao receber o voto do trio e por pouco não voltar ao paredão, sendo salvo pelo voto de minerva da líder Bruna, declarou guerra aos loiros, convocando o resto da casa a se unir contra o triângulo. Líder na sétima semana, saciou sua ira indicando Íris para o embate com Diego. “Estou adorando isso”, comentou ao ver Siri e Fani brigando para não enfrentarem Alemão.
 
Dez semanas após Diego lhe entregar o colar do anjo, os dois se reencontraram como arquiinimigos num emocionante teste de resistência. Magro e abatido, Alberto brilhou ao derrotar o gigante loiro ficando 21 horas de pé na prova de resistência que valia liderança da nona semana. Mas o paredão era uma questão de tempo, e a liderança de Carollini, um xeque-mate.
 
 
 
Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALERTA EPIDEMIOLÓGICO
Acadêmico de Medicina morre com suspeita de dengue hemorrágica
INSTINTO ASSASSINO
Jovem leva 23 perfurações pelo corpo dois dias após se separar e fica em coma induzido
CRUELDADE
Adolescentes torturam e matam garota por causa de ciúmes, divulgam vídeo e são apreendidas
HABEAS CORPUS
Segunda Turma do STF mantém Lula preso
TRAGEDIA NA RODOVIA
Uma pessoa morre e cinco feridos após carro da Secretaria de Saúde bater em caminhão
ESCRAVIDÃO
Mulher era mantida em cárcere privado por 20 anos
MONSTRUOSIDADE
Bebê de 9 meses é estuprado e espancado até a morte
QUADRO ESTÁVEL
Após acidente e cirurgia às pressas, Filho de Huck e Angélica deixa UTI
CIGARREIRO
Homem morre após capotar carro carregado com cigarros
ASSÉDIO SEXUAL
Dany Bananinha sofre assédio em praia do Rio e impede nova vitima: 'Me tremi toda'