Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 12 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Carvoeiros pedem reajuste sobre 6 anos de defasagem

29 Jul 2004 - 13h32
O Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores nas Indústrias Extrativas, Mineração, Madeiras e Carvão Vegetal de Mato Grosso do Sul está tentando negociar reajuste salarial para os trabalhadores das carvoarias e indústria extrativa de Mato Grosso do Sul, que há seis anos não têm reajuste. A pauta de reivindicação já foi protocolada junto à Fiems (Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul). A pauta inclui diversas reivindicações contemplando a questão salarial, condições de trabalho e benefícios. Os trabalhadores querem estabelecer o piso em R$ 530,00, jornada de trabalho de 40 horas, alimentação e até mesmo o fornecimento de água potável e sanitários adequados, entre outras reivindicações. Fazem parte da categoria cerca de 10 mil trabalhadores, dos quais oito mil são carvoeiros.
 
Campo Grande News

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília
ESPORTE EM TOUROS
VÍDEO: Peão de MS morre após ser pisoteado por touro em rodeio no interior de SP
ULTIMO CAPITULO
Globo exibe último capítulo de Segundo Sol e assunto bomba
DE GLÓRIA DE DOURADOS PARA O MUNDO
Ana Karla é convidada especial da Hyundai para um talk show neste sábado em São Paulo
1ª INDIGENA NO GOVERNO
Índia da equipe de Jair Bolsonaro já atuou com Cauã Reymond e foi moradora de rua
FINAL DE NOVELA
Valentim beija Rosa em gravação que vai ao ar no fim de 'Segundo sol'; veja mais detalhes