Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 14 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Cartórios suspendem atendimento ao público nos dias 16 e 17

13 Ago 2007 - 15h03
Em Portaria publicada pela vice-presidência, o TJMS informa que, esta semana, haverá suspensão no atendimento ao público nos cartórios cíveis e criminais do segundo grau (Tribunal de Justiça), em função da reforma no prédio da Secretaria Judiciária, o que implica, necessariamente, a retirada da mobília e o deslocamento provisório dos autos para local apropriado.
Nos próximos dias 16 e 17 de agosto, não haverá atendimento ao público nos cartórios cíveis; enquanto no dia 17, a suspensão também abrangerá os cartórios criminais. Apenas para os casos urgentes, que possam causar prejuízos graves ou de difícil reparação, será disponibilizado um plantão para o atendimento.
Vale ressaltar que, nas referidas datas, não serão computados os prazos judiciais nas respectivas áreas, ficando prorrogados para o primeiro dia útil subseqüente os prazos que se iniciarem ou se encerrarem naqueles dias. Os demais prazos, no entanto, referentes a outros processos ou recursos, na esfera do TJMS, terão fluxo normal, devendo as petições ser protocoladas ou distribuídas como de costume.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília