Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Carteira do Idoso deverá ser emitida em até 90 dias

27 Jun 2007 - 07h56
As secretarias municipais de Assistência Social e do Distrito Federal terão 90 dias para implantar o serviço de emissão da Carteira do Idoso. O novo documento deve garantir às pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, que não tenham comprovante de renda, passagem grátis ou com desconto de 50% nas viagens interestaduais.
O prazo começa a contar a partir desta segunda-feira (26), quando foi publicada no Diário Oficial da União a resolução da Secretaria Nacional de Assistência Social sobre os procedimentos para a emissão da nova carteira, segundo a Agência Brasil.
A resolução prevê que a Carteira do Idoso será válida em todo o país. A única finalidade do documento será garantir a gratuidade de vagas no transporte coletivo interestadual. Enquanto a carteira não é emitida, as secretarias de Assistência Social poderão fornecer uma declaração provisória aos idosos.
O Estatuto do Idoso estabelece a reserva de duas vagas por veículo para idosos com renda igual ou inferior a dois salários mínimos, ou seja, R$ 760, além do desconto de 50% no valor da passagem para os idosos que excederem as vagas gratuitas.
O Decreto 5.934 estabelece que, para o benefício ser concedido, o idoso deve apresentar um comprovante de renda, que pode ser a Carteira de Trabalho com anotações atualizadas, contracheque de pagamento, extrato de pagamento de benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou a carteira emitida pelas secretarias de Assistência Social.
De acordo com a resolução publicada hoje no Diário Oficial, as carteiras serão confeccionadas pelas secretarias conforme um modelo elaborado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), que será disponibilizado no Sistema Suasweb, da Rede do Sistema Único de Assistência Social.
Segundo a assessoria de imprensa do ministério, o modelo da carteira deve ser divulgado nas próximas semanas, assim como as orientações aos municípios para a emissão do documento. Os municípios poderão acessar o modelo usando a senha de que já dispõem. As secretarias que ainda não têm senhas poderão pedi-las pelo endereço eletrônico suasweb@mds.gov.br.
A regulamentação do documento foi discutida em fevereiro, durante a reunião do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso, em Brasília. Na época, a coordenadora da Política Nacional do Idoso do MDS, Patrícia De Marco, destacou que muito idosos no país não têm documentos que comprovem a renda, daí a importância da carteira.

 

 

 

G1


Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos