Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 21 de fevereiro de 2020
SADER_FULL
Busca
Brasil

Carrefour comprará Atacadão por US$ 1,12 bi

23 Abr 2007 - 08h59

O Carrefour, o segundo maior grupo varejista do mundo, comprará a rede brasileira Atacadão por 825 milhões de euros (US$ 1,12 bilhão), o que deve garantir a liderança no segmento de varejo no Brasil à rede francesa, que ficará na frente do grupo Pão de Açúcar.


O presidente-executivo do Carrefour, Jose Luis Duran, afirmou durante teleconferência com analistas nesta segunda-feira que espera que as sinergias geradas a partir da aquisição sejam significativas, graças à base de custos baixos do Atacadão.

"Embora isso represente menos de 2% das vendas do grupo, (a aquisição) é boa notícia para a estratégia central de construir escala em mercados específicos", afirmou Christopher Hogbin, analista do Bernstein.

O Atacadão possui 34 hipermercados e teve vendas de 1,5 bilhão de euros em 2006, a participação de mercado da rede ficou em 4%. A empresa tem lojas em sete Estados do País e no Distrito Federal.

O Carrefour informou que suas vendas no Brasil atingiram 3,8 bilhões de euros no ano passado. A empresa está buscando o exterior para compensar expansão limitada no competitivo mercado francês, que é responsável por quase metade das vendas do grupo.

"Essa aquisição nos dará mais oportunidades para acelerarmos nosso programa de crescimento orgânico", disse Duran.

Depois de mudar cerca de uma dezena de lojas Carrefour de desempenho menor para o modelo de descontos do Atacadão, o executivo espera que a rede francesa abra quatro a cinco lojas neste formato por ano, ante as duas a três aberturas feitas pelo Atacadão nos últimos anos.

Os principais rivais do Carrefour no Brasil são o brasileiro Pão de Açúcar e norte-americano Wal-Mart, que vêm mostrando estratégia agressiva de crescimento no País.

No final de 2005, o gigante norte-americano comprou 140 lojas do grupo Sonae por cerca de US$ 757 milhões. Dez lojas do grupo português também foram compradas pelo Carrefour em 2005.

Em 2006, o Pão de Açúcar implementou e consolidou ajustes importantes em sua estrutura e abriu 21 novas lojas.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL 2020
Por WhatsApp, Witzel convida Bolsonaro para assistir a desfiles do carnaval no seu camarote
DICAS DE SEGURANÇA
Saia de viagem neste feriado e deixe sua casa segura com as dicas da Polícia Civil
GUGU LIBERATO
Defesa diz que Gugu Liberato deu 500 mil dólares a Rose Miriam e mansão de R$ 6 mi
LUTO NO CINEMA
Morre aos 83 anos José Mojica Marins, o lendário Zé do Caixão
FAMOSIDADES
Pós-parto: Andressa Miranda faz revelações sobre sexo com Thammy Miranda
CONCURSO DO EXERCITO
Concurso Exército: Saiu o edital com 1.100 vagas para nível médio
BOLSONARO
Bolsonaro diz que imprensa poderia ser um partido: ''Ia ficar à esquerda''
FAMOSOS
Filho de Leonardo, João Guilherme recebe crítica e ironiza
TRAFICO DE DROGAS
Mulher é flagrada com 240 gramas de fumo na vagina para entrar na cadeia
FAMOSIDADES
Roberto Carlos reprova roteiro de Glória Perez, atraza produção e procura ator para filme