Menu
SADER_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

Carrefour comprará Atacadão por US$ 1,12 bi

23 Abr 2007 - 08h59

O Carrefour, o segundo maior grupo varejista do mundo, comprará a rede brasileira Atacadão por 825 milhões de euros (US$ 1,12 bilhão), o que deve garantir a liderança no segmento de varejo no Brasil à rede francesa, que ficará na frente do grupo Pão de Açúcar.


O presidente-executivo do Carrefour, Jose Luis Duran, afirmou durante teleconferência com analistas nesta segunda-feira que espera que as sinergias geradas a partir da aquisição sejam significativas, graças à base de custos baixos do Atacadão.

"Embora isso represente menos de 2% das vendas do grupo, (a aquisição) é boa notícia para a estratégia central de construir escala em mercados específicos", afirmou Christopher Hogbin, analista do Bernstein.

O Atacadão possui 34 hipermercados e teve vendas de 1,5 bilhão de euros em 2006, a participação de mercado da rede ficou em 4%. A empresa tem lojas em sete Estados do País e no Distrito Federal.

O Carrefour informou que suas vendas no Brasil atingiram 3,8 bilhões de euros no ano passado. A empresa está buscando o exterior para compensar expansão limitada no competitivo mercado francês, que é responsável por quase metade das vendas do grupo.

"Essa aquisição nos dará mais oportunidades para acelerarmos nosso programa de crescimento orgânico", disse Duran.

Depois de mudar cerca de uma dezena de lojas Carrefour de desempenho menor para o modelo de descontos do Atacadão, o executivo espera que a rede francesa abra quatro a cinco lojas neste formato por ano, ante as duas a três aberturas feitas pelo Atacadão nos últimos anos.

Os principais rivais do Carrefour no Brasil são o brasileiro Pão de Açúcar e norte-americano Wal-Mart, que vêm mostrando estratégia agressiva de crescimento no País.

No final de 2005, o gigante norte-americano comprou 140 lojas do grupo Sonae por cerca de US$ 757 milhões. Dez lojas do grupo português também foram compradas pelo Carrefour em 2005.

Em 2006, o Pão de Açúcar implementou e consolidou ajustes importantes em sua estrutura e abriu 21 novas lojas.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'