Menu
SADER_FULL
quinta, 18 de outubro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Carpegiani deve dispensar até 10 jogadores do Corinthians

21 Abr 2007 - 04h22
Paulo César Carpegiani ainda pisa em ovos ao falar do elenco corintiano. Mas hoje, quando comandará seu primeiro treino, promete colocar as cartas na mesa a seu grupo.

O treinador divulgará a lista dos que irão para o período de preparação em Atibaia, no interior paulista. Quem não estiver nela dificilmente estará nos planos dele para o resto do ano.

"Eu tenho uma relação, mas não defini os nomes que vão. Eu preciso trabalhar com 25, 26 jogadores", disse, ainda em Recife, após o empate por 2 a 2 com o Náutico, quarta-feira.

Como o elenco tem 35 atletas, significa que até dez podem ser descartados. Os atletas trazidos por Leão encabeçam a temida lista de excluídos. São eles o volante Daniel, que ainda treina no clube, os laterais Wellington e Tamandaré e o zagueiro Gustavo. "Eu estou esperando. Tem essa viagem agora para Atibaia. Vamos ver", declarou Tamandaré.

Outros cotados para deixar o clube são os volantes Wendel e Rafael Fefo. Como o Corinthians conta com nove volantes, é possível que sejam emprestados. Paulo Almeida também deve ir embora.

O meia Rosinei, que negocia sua renovação de contrato, é outro que pode ir embora do Parque São Jorge. E está previsto que o meia Roger, que não atuou quarta-feira contra o Náutico, tenha uma conversa hoje sobre sua situação no clube.

Existe também a possibilidade de um dos jovens atacantes do grupo, Igor ou Daniel Grando, também ganhar experiência em outro clube.

O Corinthians pode ainda perder o volante Magrão, já que não pagou cerca de R$ 600 mil ao clube japonês que o emprestou até junho. "Não posso falar nada agora. O futebol é muito dinâmico, mas nossa vontade é manter o máximo de jogadores", disse o gerente de futebol Ilton José da Costa.

Mesmo que fique com 25 ou 26 jogadores, Carpegiani deve entregar uma lista de reforços à diretoria. O treinador, apesar de empolgado com a safra de pratas da casa, afirmou que não é possível disputar o Brasileiro em nível competitivo com um elenco só de garotos. "O ideal é que haja uma mescla com atletas experientes."

Ele deixou claro que pretende armar a equipe no 3-5-2, seu esquema predileto. Por isso, deve pedir mais um zagueiro. Na avaliação de Carpegiani, Eduardo e Everton apresentam deficiência na marcação e devem atuar como alas, já que têm características mais ofensivas.

Carpegiani disse ter gostado da determinação da equipe no 2 a 2 com o Náutico. Afirmou que o resultado da partida foi o que menos importou. Deixou claro, no entanto, que há muito a evoluir. "Com a garra que demonstraram dá para formar um bom time de futebol", analisou.

A partir de hoje, no Parque São Jorge, ele tentará dar sua cara ao time. Sábado, a delegação segue para Atibaia, onde ficará até a próxima quarta-feira, véspera do jogo de volta, no Pacaembu, pela Copa do Brasil, contra o Náutico.

 

 

 

Folha Online


Deixe seu Comentário

Leia Também

CASO LETICIA
Adolescente morta a facadas contou a amigos que pai estuprou a tia na sua frente:'Tinha quatro anos'
MOTIVO FUTIL
Camera ajuda na indentificação de Homem que confessa ter matado mulher após falhar na "Hora H"
A CASA CAIU
Rapaz é agredido pelas sete namoradas que descobriram traição
SEGUNDO SOL
Beto confronta Karola: 'Você roubou a vida de outra mulher'
DEFICITÁRIAS
Correios fecham 02 agências no MS e 39 no país
VICENTINA - LEILÃO ELETRÔNICO
Justiça realizará leilão eletrônico de imóveis urbanos e trator de VICENTINA
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Conclusão do Comperj deve gerar 8 mil vagas em 2019
LUTO NO JORNALISMO
Morre Gil Gomes, jornalista policial, aos 78 anos, em São Paulo
SELEÇÃO BRASILEIRA
Brasil vence a Argentina com gol de Miranda nos acréscimos e conquista o Superclássico
HORARIO DE VERÃO
Início do horário de verão não será adiado, informa o Planalto