Menu
SADER_FULL
terça, 18 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Carlos Eduardo teria recebido proposta de Milan e Barcelona

2 Jun 2007 - 10h51

Destaque na campanha do Grêmio na Copa Libertadores, o atacante Carlos Eduardo teria despertado interesse de clubes europeus. Segundo o empresário Jorge Machado, que representa o jogador, o gremista teria recebido propostas do Milan e do Barcelona, que giram em torno de 13 milhões de euros (R$ 33,2 milhões).

No entanto, o presidente do Grêmio, Paulo Odone, não quer conversa e garante que não sabe de nenhuma proposta.

"Mesmo que chegue, não admito falar sobre venda antes de dois anos pelo menos. Carlos Eduardo irá crescer muito como jogador", garantiu o dirigente.

Alheio às especulações, o garoto se diz muito satisfeito com as convocações para as Seleção principal e Sub-20, mas prioriza a disputa da Libertadores.

"O título da Libertadores é meu objetivo neste momento. Estou muito feliz por ser convocado, mas como sou um cara muito tranqüilo, procuro não me empolgar", afirmou Carlos Eduardo, que deverá ser poupado no jogo deste sábado contra o Botafogo, no Maracanã, pelo Brasileiro.

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados