Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 20 de agosto de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Capoeiristas propõem reconhecimento profissional ao MEC

14 Set 2004 - 15h58
No 7º Fórum Nacional de Capoeira, que ocorre na Câmara, o presidente da Confederação Brasileira de Capoeira, Gersonilto Heleno de Sousa, anunciou que a categoria vai encaminhar ao Ministério da Educação proposta solicitando o reconhecimento da profissão de capoeirista. Para isso, o profissional precisaria fazer um curso de tecnólogo. “Somos uma categoria séria, que busca a profissionalização”, disse. Os subsídios dessa proposta estão sendo debatidos no fórum.
O deputado Philemon Rodrigues (PTB-PB) concorda com a necessidade de se fortalecer o esporte. “A capoeira envolve grande camada da sociedade e o Governo não pode ficar alheio a essa atividade, uma vez que ela melhora o nível cultural do brasileiro”, afirmou.
Na opinião do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), é necessário tirar a capoeira da coordenação do Conselho Federal de Educação Física. Ele é autor de projeto de lei que reconhece a capoeira como dança, competição e luta, dando poderes próprios à Confederação Brasileira de Capoeira para regulamentar e fiscalizar sua prática. De acordo com o deputado, o Conselho Federal de Educação Física acaba impedindo a prática pelas exigências absurdas que tem feito. Uma delas é de que o professor de capoeira seja formado em Educação Física.
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 TETO
Na busca por emprego, homem 'mora' em abrigo de papelão
PÂNICO NO ÔNIBUS
Atirador de Elite mata homem que fez reféns em ônibus
AGORA DEU MEDO
Velório é interrompido após morto 'apertar' mão da esposa
TRAGEDIA NA RODOVIA
Três pessoas morrem em acidente envolvendo carro e caminhão na BR-277
FATALIDADE
Jovem mulher morre ao levar choque usando o secador de cabelos
ABSURDO - BRASIL
Mulher mata o marido a facadas e leva pênis para a amante dentro de um copo
MORTE E COMOÇÃO
Jovem caminhoneira morre em acidente e comove colegas de toda a região
FACULDADE
Irmãs estudantes de engenharia vendem doces nos trens do Rio para se sustentar
MUITA FUMAÇA
Crianças passam mal em incêndio que dura três dias
VICENTINENSE DE CORAÇÃO
Após 30 anos dividindo palco, Erika Figueiredo aposta no solo e lança clipe, ASSISTA