Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 22 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Capital prevê usar mais de R$725 milhões em 2005

26 Out 2004 - 16h59

O próximo prefeito de Campo Grande vai comandar uma cidade que carrega a fama de ser um bom lugar de se viver e criar os filhos. Mas essa qualidade de vida ainda não chega para todos e os desafios pra que isso aconteça não são pequenos.

Uma capital sem a agitação das grandes metrópoles. Campo grande abriga em torno de 730 mil pessoas. Uma população distribuída por mais de 70 bairros: muitos ainda sem asfalto, sem esgoto. Infra-estrutura básica que chega de acordo com o orçamento do município.
 
Para o ano que vem, a capital de Mato Grosso do Sul prevê, entre gastos e investimentos, usar mais de R$ 725 milhões. Quase 9% a mais que o atual orçamento. E a cada ano, a cidade recebe mais gente. A maior migração é do interior. Uma concentração urbana que vai parar na periferia da Capital.

Campo Grande ainda não descobriu qual a real vocação econômica do município. Três setores se destacam com grandes perspectivas: indústria, serviços e turismo. Enquanto isso, a população cobra por uma distribuição de renda mais justa e melhores oportunidades no mercado de trabalho.

Depois do serviço público, é o comércio que mais emprega trabalhadores na capital. Mas os salários, na média, ainda são baixos. Uma renda de R$ por mês para cada trabalhador. Na soma das atividades, mais de R$1,7 bilhões são injetados por ano na economia local, em forma de salários ou remunerações, de acordo com o IBGE.
 
Na balança, entre fatores positivos e negativos sobre a capital de Mato Grosso do Sul, a palavra do cidadão.

 

 

TV Morena

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho