Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 22 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Capes terá orçamento de R$ 613 milhões em 2005

1 Set 2004 - 10h39
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal para Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação (MEC) discutiu, nesta terça-feira (31), as principais metas em relação ao orçamento 2005, que passará dos atuais R$ 520 milhões para R$ 613 milhões, um acréscimo de 18%. Na proposta, já encaminhada ao Congresso Nacional, está a alocação de recursos para a formação de profissionais para as linhas adotadas nas políticas industrial e exterior do país.

De acordo com o presidente da Capes, professor Jorge Guimarães, será possível aumentar o valor das bolsas de mestrado e doutorado, que atualmente são de R$ 900 e R$ 1.276, respectivamente. “Este aumento servirá para recompor a equiparação das bolsas com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)”, explicou ele.

A Capes pretende diminuir as diferenças regionais, aumentar o número de bolsas, redimensionar o programa do portal de periódicos para atender a demanda crescente, por meio de parcerias que possam permitir a criação de novos sites para entidades e instituições que não tenham acesso ao portal. Além disso, pretende também dar continuidade ao programa na área de engenharia e na formação de recursos humanos para a política industrial.

A reunião também contou com a apresentação do relatório de Gestão de 2003. Os dados do relatório revelam que cerca de 63% das bolsas para a pós-graduação foram para alunos da regiões Sul e Sudeste. De acordo com o professor Jorge Guimarães, isso ocorre porque as universidades dessas regiões possuem maior capacitação no nível de doutorado e, por isso, conseguem manter mais cursos para a formação de novos pós-graduandos.

“Está havendo um crescimento maior no Norte e Nordeste, devido ao surgimento de cursos novos. Em alguns anos haverá nestas regiões um aumento na proporção de doutores, que poderá permitir o aumento de concessão de bolsas para estas regiões”, ressaltou.
 
Agência Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação