Menu
SADER_FULL
domingo, 15 de setembro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Capacitação de merendeiras beneficia alunos da Capital

14 Set 2004 - 16h44
Desde maio deste ano, capacitações oferecidas pelo governo estadual, através Secretaria de Educação (SED), estão proporcionando às merendeiras das escolas estaduais de Campo Grande prepar receitas alternativas, diferenciadas e econômicas aos mais de 44,9 mil estudantes da rede.

O curso do programa Alimente-se Bem por Apenas R$ 1,00, realizado em parceria com Serviço Social da Indústria (Sesi), capacita 25 merendeiras a cada etapa. Duas turmas já participaram do curso.

Outra capacitação oferecida pela SED, em julho, beneficiou 147 merendeiras de escolas também da Capital. Nos dois dias de atividades, as participantes aprenderam noções sobre alimentação e nutrição, higiene e preservação da saúde, armazenamento dos alimentos, relações humanas e a responsabilidade da merendeira.

A partir de outubro, de acordo com a gestora de Merenda Escolar da SED, Maysa Ferreira da Silva, a capacitação será realizada nos municípios do Interior. As merendeiras das cidades de Maracaju, Corumbá, Ladário e Camapuã também já receberam a capacitação.

No Interior, as capacitações com as merendeiras vão resultar no melhor preparo da alimentação escolar de mais de 195,7 mil alunos da rede de ensino estadual.

“A merenda é um dos alicerces do processo de aprendizagem dos alunos. Constitui papel nutricional importante no rendimento escolar dos estudantes. E a merendeira desempenha um papel fundamental como colaboradora de todo o processo”, afirma a gestora. Um ponto bastante relevante das capacitações, segundo ela, é sobre a utilização dos ingredientes produzidos no Estado, como a soja, a abóbora e o fubá.

A nutricionista Michele Medeiros Barbosa, que acompanhou algumas das capacitações, ressalta que as merendeiras gostaram muito das capacitações. “Fizemos um trabalho de resgate e valorização delas, de um melhor atendimento aos alunos e da importância com a alimentação oferecida.”

Em Campo Grande, as merendeiras da rede estadual receberam dois uniformes, compostos por toca e avental, doados pela SED e pela Secretaria de Estado de Gestão Pública (Seges).
 
 
 
 
 
APn

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO
PM é torturado e morto após circular boato de que seria 'estuprador'
JULGAMENTO
PMs acusados de chacina taparam câmera de segurança antes do crime
CASO DE POLÍCIA
Catador de reciclável recebe mochila com bebê congelado dentro
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo morre após carro bater em árvore em rodovia de MS
FAMOSOS
David Brazil causa ao expor bumbum de Anitta sem ela saber
ACIDENTE FATAL
Câmera de segurança registrou acidente fatal de enfermeira. VEJA O VÍDEO
MONSTRUOSIDADE
Homem que matou mãe e filha em Cascavel escreveu carta. Bebê tomou mamadeira “batizada”
ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Mulher e marido são presos suspeitos de estuprar menina de 11 anos que dormia na casa deles
SUPERSTIÇÃO
Primeira sexta-feira 13 do ano com noite de lua cheia pode ser perigosa, alerta taróloga
ESPORTE
Poderá o poker se tornar olímpico?