Menu
SADER_FULL
domingo, 24 de junho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Campo Grande sediará prova decisiva da Stock Car

18 Out 2004 - 16h49
Antônio Jorge Neto venceu de ponta a ponta a 10ª etapa do Brasileiro da Stock Car V8, depois de 39 voltas, completadas em 45min05s296, que teve a intervenção do safety car por três vezes e seu final antecipado em cinco voltas por causa de um acidente envolvendo Guto Negrão (Medley Genéricos), Carlos Alves (Philips) e Felipe Maluhy (Bennamed). Com a vitória, Antônio Jorge Neto, da Equipe Medley Genéricos, assumiu a vice-liderança da classificação, com 125 pontos. Cacá Bueno (Petrobras Action Power) teve seu carro incendiado e abandonou quando ocupava a 11ª posição (continua com os 114 pontos, sem chances de título).
   
   Com o resultado da prova, Giuliano Losacco, que chegou na décima posição, manteve a liderança com 165 pontos, enquanto Jorge Neto passou a ter 125 e Cacá, que abandonou, ficou com 114. Agora, só Losacco e Neto permanecem na briga pelo mais cobiçado título da temporada. Giuliano precisa de um 13º lugar em Campo Grande, no próximo dia 7 de novembro, para ser campeão da mais tradicional categoria brasileira.
   
   Na largada, Neto manteve a liderança, enquanto David Muffato perdeu três posições. Thiago ficou em segundo e Pedro em terceiro. No pelotão intermediário Giuliano e Cacá buscavam a recuperação. O líder largou em 17º e Cacá em 23º.
   
   Neto administrava a liderança e depois de 19 voltas, Giuliano Losacco e Cacá Bueno passaram a brigar pelo 11º lugar. Bueno levou a melhor, mas começou a ter problemas com o freio e abandonou a prova com o carro em chamas.
   
   Na 38ª volta, Guto Negrão, Carlos Alves e Felipe Maluhy se envolveram em um acidente e obrigaram a entrada do safety car. A corrida foi encerrada sob bandeira amarela na 39ª passagem. O ministro dos Esportes Agnelo Queiroz deu a bandeirada final.
   
   A classificação da prova ficou da seguinte forma:
   
    1º – Antônio Jorge Neto (Medley-A. Mattheis), 39 voltas em 45m05s296, com média de 151,49 km/h; 2º – Thiago Camilo (Golden Cross-Vogel); 3º – David Muffato (Repsol-Boettger); 4º – Thiago Marques (Petrobras-Action Power); 5º – Guto Negrão (Medley-A. Mattheis); 6º – Pedro Gomes (AMG Motorsport); 7º – Carlos Alves (Philips Motorsport); 8º – André Bragantini (Golden Cross-Vogel); 9º – Felipe Maluhy (Bennamed-Nascar); 10º – Giuliano Losacco (Itupetro-RC); 11º – Nonô Figueiredo (Avallone Motorsport); 12º – Juliano Moro (NasrCastroneves); 13º – Rodney Felício (Salmini Racing); 14º – Rodrigo Sperafico (Katalogo Racing); 15º – Sandro Tannuri (Filipaper Racing); 16º – Hoover Orsi (Avallone Motorsport); 17º – Paulo Bonifácio (Scuderia 111).
 
 
Correio do Estado

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'Segundo Sol': Laureta revela para a família de Rosa que ela é prostituta
GOVENO NÃO CUMPRE
Caminhoneiros anunciam nova paralisação, mas trabalhadores de MS não devem participar
RAIVA HUMANA
Morte de turista por raiva humana é confirmada em Ubatuba
NOVELA GLOBAL
Valentim sofre grave acidente de carro
INACEITAVEL
Mãe de jovem morto no Rio: “É um Estado doente que mata criança com roupa de escola”
HAJA CORAÇÃO
Neymar é o autor do gol mais tardio, em tempo normal, de uma Copa na história
COPA DO MUNDO
No sufoco, Brasil supera a Costa Rica e consegue primeira vitória na Copa do Mundo
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Rosa coloca fim em relação com Ícaro e ele toma atitude
SAUDE
Mulher dá a luz em calçada no Cajuru
FAMOSIDADES
Ex-apresentadora do ‘Vídeo show’, Alinne Prado sofre assalto a mão armada dentro de casa