Menu
SADER_FULL
quarta, 23 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Campo Grande é 16ª do ranking em número de fumantes

15 Mar 2007 - 16h53

Em Campo Grande o número de fumantes deixa a Capital em 16ª posição no País , conforme estudo inédito do Vigitel (Sistema de Monitoramento de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas Não Transmissíveis), realizado pelo Ministério da Saúde. A maior freqüência de adultos que fumam foi observada em Porto Alegre e Rio Branco (21,2%) e a mais baixa em Salvador (9,5%).

O hábito de fumar se mostra mais disseminado entre homens do que entre mulheres em todas as cidades , com exceção de Goiânia e Rio de Janeiro, onde a freqüência de fumantes é semelhante nos dois sexos. Entre os homens, as freqüências mais baixas foram encontradas em Salvador (12,3%), Goiânia (15,9%) e Rio de Janeiro (16,1%) e as mais altas em Porto Velho (25,0%), Porto Alegre (26,3%) e Macapá (29,4%).

Para o sexo feminino também se observou menor freqüência de fumantes na cidade de Salvador (7,2%), seguida por Aracajú (8,1%) e São Luís (8,1%). As freqüências mais altas de mulheres fumantes foram observadas em Curitiba (15,9%), Porto Alegre (17,0%) e Rio Branco (17,9%).

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO - TV
Ator Caio Junqueira morre no Rio uma semana após acidente
ANJO DA GUARDA
Amigo dá lar a mulher que viveu 40 anos internada no HC
MAMATA
General corta contratinho de R$ 30 milhões para manter jornalistas no exterior
PERSISTÊNCIA
Filho de faxineira e porteiro passa em medicina no Paraná
RENOVAÇÃO LICENÇA
Extinção de mais 130 rádios comunitárias no Brasil deve alcançar emissora de Ponta Porã
CENAS FORTES
Vídeo flagra mulher sendo agredida por ex-marido com socos e chutes
GUERRA NO RJ II
Parentes de mortos durante chacina em São Gonçalo e Itaboraí dizem que vítimas eram inocentes
GUERRA NO RJ
Chacina deixa pelo menos 7 mortos na Região Metropolitana do Rio
BBB 19
Famosos protestam contra Maycon por agredir animais e mãe o defende: 'Não é um monstro'
MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física