Menu
SADER_FULL
segunda, 10 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Campanhas Eleitorais: Da Carroceria do Caminhão ás Redes Sociais da Internet

4 Nov 2010 - 19h38

CAMPANHAS ELEITORAIS: DA CARROCERIA DO CAMINHÃO ÀS REDES SOCIAIS DA INTERNET

 

 

Wagner Cordeiro Chagas

O ex-governador de Mato Grosso do Sul, Pedro Pedrossian traz em seu livro de memórias, intitulado O pescador de sonhos, uma passagem onde descreve algumas etapas de sua campanha ao Senado Federal em 1978: “As noites eram dedicadas aos comícios. Momentos de muita festa nas comunidades interioranas. Quase sempre conseguíamos um caminhão com a carroceria disposta a nos servir de palanque” (2008, p.137).

 

32 anos se passaram e nesse tempo Pedrossian exerceu parte do mandato de senador, depois se tornou por duas vezes chefe do executivo estadual, e atualmente descansa em sua residência em Campo Grande. Certamente se tentasse uma nova eleição neste ano teria seguido o conselho de seus marqueteiros e utilizado, além do tradicional palanque do caminhão, uma das novidades que se têm: as redes sociais da internet.

 

As eleições 2010 encerraram-se, os eleitos estão confirmados e aguardam 2011 para tomar posse de seus mandatos, contudo, algo que não será esquecido deste momento crucial da democracia será o uso em larga escala das tecnologias.

 

Quem imaginaria, por exemplo, ver o mais popular material de campanha eleitoral, o santinho, ser repassado aos eleitores via e-mail. Sem falar na qualidade do material que é produzido. Em comparação com os santinhos de alguns anos atrás, nota-se uma grande diferença, principalmente nas cores. Enquanto no passado a maior parte desses materiais aparecia na cor preta e branca, hoje existe uma diversidade grandiosa de tons, que muitas vezes auxilia o candidato a ficar digamos mais bonitinhos na propaganda.

 

Os jingles, materiais indispensáveis numa eleição, também passaram por transformações. Não foi mais necessário ter que gravar aquelas famosas musiquinhas do rádio ou da televisão para ouvi-las. Bastava baixar o jingle do site do candidato e fazer a festa.

 

Além disso, as redes sociais - que podem ser definidas como o conjunto de sites da internet utilizados como novos mecanismos de comunicação, tais como Orkut, Twitter, e Blogs - foram consideradas as grandes aliadas daqueles que pleitearam o poder político.

 

Por meio delas, diversos candidatos e assessores puderam conversar diretamente com o eleitor. Muitas pessoas trocaram informações sobre temas abordados em campanha, revelando assim, uma maior participação popular na campanha.

 

Em relação aos sites, o Youtube teve muita importância neste processo eleitoral. Mania em todo o planeta, devido à facilidade dos internautas em poder compartilhar vídeos, proporcionou ao eleitor acompanhar comícios, carreatas, reuniões de seus candidatos. Mas o que certamente ficará marcado na memória do eleitor consciente serão as gravações postadas com denúncias da nojenta corrupção. Quantos personagens importantes e que aparentavam ser confiáveis foram desmascarados.

 

Enfim, mais uma eleição transcorreu de forma legal no Brasil. O país deu exemplo de maturidade democrática ao eleger a primeira mulher presidente da República. A tecnologia que a cada dia se aperfeiçoa tornou-se fundamental para um dos eventos mais significativos da história de uma nação independente: a livre escolha de líderes políticos que tem como dever representar seu povo e fazer o possível para melhorar a vida de todos os cidadãos.  

 

      

 

     

 

 

 

 

 


Professor de História em Fátima do Sul-MS, licenciado pela UFGD e fatimassulense da gema. E-mail: wc-chagas@hotmail.com

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CENTRO ESPÍRITA
Médium é acusado de Abusos Sexuais em crianças
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau leva surra de chicote no bordel
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado