Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 22 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Campanha de vacinação contra pólio ocorre neste sábado

11 Jun 2010 - 15h47Por G1

Crianças menores de 5 anos devem ser vacinadas, neste sábado (12), em todo o país, contra a paralisia infantil. A primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite, do Ministério da Saúde, pretende imunizar 14,6 milhões de crianças, o que representa 95% dos menores de 5 anos.

Para cada etapa da campanha, segundo o Ministério, serão distribuídas cerca de 24 milhões de doses da vacina contra a paralisia infantil. En todo o país, a imunização contará com 115 mil postos. A segunda dose da vacina contra a pólio será aplicada em 14 de agosto.

A vacinação contra a paralisia infantil é administrada via oral, e é oferecida gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) durante todo o ano nos postos de saúde para as vacinações de rotina. O Ministério alerta que todas as crianças menores de 5 anos tomem as duas doses da vacina durante a Campanha Nacional, mesmo que já tenham sido vacinadas anteriormente.

A orientação é para que os pais ou responsáveis procurem informações junto à Secretaria de Saúde do seu município para saber sobre locais de vacinação e horário de funcionamento.

Outras vacinas

Segundo o Ministério da Saúde, durante o dia de vacinação contra a poliomielite equipes de saúde aproveitam para atualizar o cartão de vacinas da criança, com vacinas contra doenças como coqueluche, sarampo, difteria, rubéola, tétano e rotavírus. A atualização de vacinas ocorre apenas em postos fixos.

No caso das crianças de 2 anos a menores de 5 anos, muitos municípios devem aproveitar a primeira etapa da campanha para imunizar as crianças que ainda não se vacinaram contra a nova gripe. Se esse é o caso do seu filho, consulte a disponibilidade da vacina contra a nova gripe junto à Secretaria da Saúde de sua cidade.

Em geral, segundo o Ministério, tomar duas ou mais vacinas no mesmo dia não oferece risco à saúde das crianças.

Paralisia infantil

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil está livre do vírus causador da pólio desde 1989, quando o último caso da doença foi registrado, na Paraíba. Em 1994, o país recebeu da Organização Mundial de Saúde (OMS) o certificado de eliminação da poliomielite. No entanto, segundo a pasta, enquanto houver circulação do vírus em qualquer região do mundo é necessário continuar com a vacinação.

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave, causada e transmitida por um vírus (o poliovírus). A contaminação se dá principalmente por via oral. Na maioria das vezes, a criança não morre quando é infectada, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia, principalmente nos membros inferiores.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

OS MAIS BEM PAGOS
Conheça os atletas mais bem pagos da temporada
SAIR DO SUFOCO
Empréstimo pessoal com garantia facilita quitação de dívidas
E AÍ QUAL DAS DUAS OPÇÃO - VEJA
Contratar uma agência de marketing ou investir em uma equipe interna?
COVARDIA
Pai é preso acusado de agredir o filho de apenas cinco meses
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': León destrói rosto de Valentina e ela descobre o segredo da fonte
TERRORISMO
Bolsonaro sofre ameaças de morte em vídeos na internet
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele