Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Campanha contra paralisia imunizou 16,4 mil crianças

1 Jul 2010 - 18h05Por ASSECOM
A campanha de vacinação contra a poliomelite imunizou 16.462 crianças de até 5 anos em Dourados. Essa foi a 31º campanha realizada pelo Ministério da Saúde. Por etapa, quase 15 milhões de crianças são vacinadas em todo o país. A doença está erradicada no Brasil há 21 anos.

No município, a campanha foi centralizada em todas as unidades de saúde. A imunização também foi feita através de plantões especiais no Shopping Avenida Center e no Cidadania Ativa, no Complexo Esportivo Jorge Antonio Salomão.

Para a diretora de Vigilância Sanitária, Eliza Hidalgo Morais Pereira, a campanha de vacinação é a melhor forma de prevenir a população contra doenças. “Nós precisamos vacinar sempre o maior número de criança contra a poliomielite e em outras campanhas de vacinação é muito importante que as pessoas se mobilizem”, disse ela.

Segundo o secretário de Saúde, Mário Eduardo Rocha, é necessário que todos os pais e responsáveis levem as crianças com o cartão de vacinação para que sejam imunizadas. “Apenas com a conscientização dos pais, mães e todos os responsáveis pelas crianças é que vamos começar a prevenir doenças perigosas e abrir caminho para a promoção da saúde”, disse o secretário.

O Brasil está livre do poliovírus desde 1989. A primeira tentativa de controlar a poliomielite no Brasil aconteceu em 1971 com a instituição do Plano Nacional de Controle da Poliomielite, pelo Ministério da Saúde, em consequência de vários surtos da doença no país. A segunda etapa da vacinação terá início no dia 14 de agosto, em todos os postos de vacinação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'