Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 19 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Caminhoneiros de MS podem parar no próximo dia 25

19 Jul 2004 - 08h44
 

Os 72 mil caminhoneiros de Mato Grosso do Sul devem cruzar os braços no próximo domingo, segundo o presidente do Sindicargas (Sindicato dos Transportadores de Cargas de Mato Grosso do Sul), Roberto Sinai, em entrevista ao Midiamaxnews nesta segunda-feira. Ele disse que ontem, domingo, se reuniu com lideres do interior do Estado para decidir se Mato Grosso do Sul vai aderir ou não a paralisação que os caminhoneiros de todo País pretendem fazer como forma de pressionar o governo federal para melhorias na malha viária.

Roberto informou também que até a próxima sexta-feira vai sr reunir novamente com a categoria para uma decisão definitiva e, se todos concordarem, os caminhoneiros de Mato Grosso do Sul vai parar. Na sexta-feira passada, dia 16, ele esteve reunido com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, juntamente com o ministro do Transporte, Alfredo Nascimento.

Na reunião, Sinai disse que o grande problema é com a Cide (Contribuição sobre Intervenção do Domínio Econômico) que é uma contribuição de 3% pago por todos os caminhoneiros na consumação de óleo diesel para conservação das estradas e rodovias federais, estaduais e municipais. Segundo Roberto Sinai, no domingo, os caminhoneiros de “Mato Grosso do Sul podem parar juntamente com os dos outros Estados”.

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário