Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 19 de abril de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Câmara promoverá primeiro pregão eletrônico no dia 22

1 Set 2004 - 17h38
A Câmara promoverá, no próximo dia 22, o seu primeiro pregão eletrônico, que se diferencia da licitação tradicional por ser ágil, possibilitar a participação de um número ilimitado de concorrentes e permitir que as empresas apresentem suas propostas via Internet. O pregão será destinado à compra de 48 microcomputadores portáteis tipo notebook, e ganhará a empresa que oferecer o menor preço.
Até dois dias úteis antes da data fixada para o recebimento das propostas, qualquer pessoa poderá solicitar esclarecimentos, providências ou impugnar o ato convocatório do pregão pelo endereço eletrônico https://compras.camara.gov.br/Compras/Licitantes. Outras informações sobre pregões eletrônicos também poderão ser obtidas por esse mesmo endereço.

Como participar
Para participar, os fornecedores precisam se cadastrar e adquirir uma senha no site www.camara.gov.br. Dois dias antes do pregão, deverão apresentar suas propostas no formulário disponível no site. Às 10 horas, o pregoeiro divulgará o menor preço unitário oferecido, dando início à etapa competitiva em que os participantes poderão propor lances inferiores ao último preço registrado, sendo informados, em tempo real, sobre o registro do valor ofertado. Em caso de empate, vencerá o lance recebido primeiro pelo sistema eletrônico.
Durante 15 minutos após a divulgação da empresa vencedora, os concorrentes poderão apresentar recurso, por meio eletrônico, contra a decisão do pregoeiro, e a partir daí terão três dias úteis para apresentar os motivos da contestação.

Agilidade do processo
O pregão eletrônico praticamente elimina a fase de apresentação de documentos. "Só serão examinados os documentos da empresa vencedora. Se não estiverem de acordo com as exigências do edital, o fornecedor será eliminado, sendo proclamada a empresa subseqüente", explica o presidente da Comissão de Licitação da Câmara, Ronaldo Gomes.
Um pregão eletrônico dura cerca de 30 minutos, enquanto uma licitação comum leva cerca de dois meses até a sua conclusão. "É uma espécie de leilão ao avesso, pois ganha quem apresentar o menor preço", afirma Gomes. "Além de ser um processo mais democrático, por permitir a participação de fornecedores de todo o País, possibilita à Câmara um leque de opções para a escolha do produto com melhor preço e boa qualidade".
 
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião
DEU RUIM
Vítima reage e mata assaltante que tentava roubar camioneta em Toledo – ASSISTA VÍDEO
PAI MONSTRO
Pai é preso suspeito de estuprar e engravidar a filha de 11 anos
15 METROS DE ALTURA
MILAGRE – Menina de um ano que caiu do 4º andar de prédio não sofreu nenhuma fratura
ACIDENTE NA ESCOLA
Criança de 7 anos tem ferimentos graves após trave de futebol cair em sua cabeça em escola
ESTUPRO
Grávida de 20 anos foi estuprada ao pegar carona. Tarado filmou a ação
ACERTO DE CONTAS
Homem é morto a facadas e tem cadeado colocado na boca
POLEMICA
Funcionária de creche chamada de 'vadia' em faixa exposta em praça de MG recebe apoio